Falso passageiro de táxi faz arrastões, comemora crimes e acaba preso

Suspeito percorreu bairros da parte alta e baixa da capital, onde assaltou estabelecimentos comerciais

 

Um falso passageiro de táxi cometeu vários arrastões em estabelecimentos comerciais da parte alta e baixa de Maceió, deixou de pagar a corrida, comemorou os crimes, mas acabou preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (16), no Trapiche da Barra, próximo ao Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo informações da Polícia Civil (PC) repassadas à TV Gazeta, o "passageiro" pegou o táxi por volta das 3h, em frente ao HGE, de onde pediu que fosse levado a um supermercado de Mangabeiras. 

Porém, antes de chegar ao destino, o suposto cliente solicitou ao motorista para estacionar um pouco antes. Ele desceu, demorou um pouco e voltou com a mochila cheia de produtos. 

Já no carro, o suspeito pediu que o taxista se deslocasse às farmácias da Praça do Centenário, no Farol, onde fez arrastões. O taxista, desconfiado, ligou para a polícia. 

Em pouco tempo, o taxista retornou à parte baixa da capital e o suspeito assaltou outras farmácias. De lá, pediu para voltar ao HGE e, ao chegar, o suspeito disse a ele que não tinha dinheiro para pagar a corrida, que deu R$ 168. 

Quando ele desceu do veículo, foi beber para "comemorar" os assaltos, mas acabou preso em flagrante e levado à Central de Flagrantes I, no bairro do Pinheiro. O nome dado à polícia foi Robert Richard, 26 anos. Segundo o tenente PM Rodrigues, que efetuou a prisão, o suspeito tem passagem pela polícia por assalto à mão armada e tráfico de drogas.  

 

Por Gazetaweb

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook