Últimas

Fernando Carvalho vê evolução no Inter, mas lamenta mais um jogo sem vitórias: “urucubaca danada”

Depois do empate em 1 a 1 com o São Paulo, no Beira-Rio, Fernando Carvalho elogiou a melhora do time e vê resultado injusto

O Internacional chegou muito perto de encerrar a pior sequência sem vitórias de toda a sua história, mas o pênalti desperdiçado por Valdívia manteve a triste sina colorada no Brasileirão. O empate em 1 a 1 com o São Paulo marcou o 13º confronto sem triunfos do time.

Logo após o jogo, o vice de futebol e ex-presidente do clube, Fernando Carvalho, elogiou a exibição da equipe comandada por Celso Roth. Mas o que explicaria mais um jogo sem vencer? Para o dirigente, a falta de sorte tem sido decisiva.   


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Crônica: Inter 1×1 São Paulo | Confira a repercussão do jogo! | Classificação após a 21ª rodada


“É seguir trabalhando, é um processo. As coisas não vão acontecer de uma hora para a outra. Hoje ficou provado isso. No minuto final, tivemos a chance e não conseguimos. É uma urucubaca danada, a que temos aí. Vamos ver se na sequência, com trabalho, vamos conseguir sair dessa situação”, disse.

No final do jogo, Valdívia desperdiçou o pênalti que poderia dar a vitória ao Inter (Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação)

Fernando elogiou o desempenho do sistema defensivo, entende que os jogadores mais jovens estão sentindo a pressão: “Eu vi uma marcação mais aprimorada, mais forte, não permitindo chances ao adversário. A chance que eles tiveram foi de pênalti, o gol foi por um pênalti. E acho que houve uma evolução”.

“Acho que a resposta foi dada. Tivemos três ou quatro chances de gol, bola na trave, em cima da linha salvaram os zagueiros do São Paulo, pênalti perdido… isso aí é uma demonstração de que a qualidade do jogo foi boa. E é por isso que o resultado da partida não representou aquilo que a partida demonstrou”.

Por fim, o dirigente prometeu que o clube vai sair do lugar incômodo na tabela. No momento, o Inter ocupa a 15ª posição e se preocupa com a zona de rebaixamento. Algo surpreendente para um time que chegou a liderar a competição em breves períodos, no início do certame: “Estamos ali, ninguém está enganando ninguém, e vamos sair (…) Nós temos que superar isso em conjunto e com muito trabalho”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook