Últimas

João Paulo abre campanha em ruas do centro do Recife

O candidato a prefeito do Recife João Paulo (PT) deu largada na campanha, nesta terça-feira (16) com uma caminhada do Pátio do Livramento ao camelodromo. Apostou nas críticas ao que chamou de “abandono do centro” pela atual gestão e deu atenção especial aos ambulantes, que reproduziam queixas principalmente pela remoção da avenida Conde da Boa Vista, no ano passado. “O que eles reclamam é do desrespeito na condição de trabalhador pela atual gestão. Recife é a cidade dos mascates e tem que ter uma convivência digna entre o comércio formal e o informal”. Foram mais de duas horas de caminhada, com diversas pausas para fotos.

Entre as que pediram uma selfie estava a dona de uma barraca de cachorro quente, Maria do Carmo do Nascimento. “Vou botar essa foto no Facebook. Quero que ele volte o trabalho que fez com a gente que trabalha na rua. Trabalho há dez anos na rua e tenho sete filhos para criar. Ja tomaram duas vezes minha barraca”, disse. Ao fim, o candidato chegou a confessar que se surpreendeu com a boa receptividade. “Para quem estava esperando um cenário mais agressivo, de rejeição, eu posso dizer, com certeza, que foi um cenário menor do que o que vivemos em outras campanhas”. As queixas porém, estiveram presentes, tendo como foco não o candidato, mas o partido.

“Olha a Lava Jato”, gritou um ambulante, que não quis dizer o nome, enquanto João Paulo passava. Outro comentou  estar decepcionado com o PT. “Já votei muito no PT, mas estou decepcionado. É essa história da PF, a Lava Jato. Não é com João Paulo, mas o PT e quem está perto dele”, reclamou o fotógrafo Edson Rodrigues. O petista, porém, minimizou o número de queixas ouvidas. “Ouvi muitos depoimentos de beneficiados do Bolsa Família, do Minha Casa, Minha Vida… O que aparece (de ataques) é mínimo para o número de pessoas que contactamos”. Antes da caminhada o coordenador político da campanha, Múcio Magalhães, comentou que está em articulação para trazer tanto o ex-presidente Lula como a presidente afastada Dilma Rousseff para uma das agendas de João Paulo no Recife.

João da Costa

Ex-prefeito do Recife, João da Costa, começou a caminhada de ontem ao junto com João Paulo, posicionando-se do lado direito durante o discurso e posando para fotos. “É importante estarmos juntos na rua. Isso passa todo um simbolismo de unidade que importante para o momento que vivemos no Brasil. É importante a gente construir essa unidade para ganharmos e também para governarmos depois. Essa unidade antes será fundamental para que tenhamos uma unidade depois”, disse. Ele, no entanto, optou por ficar afastado durante a caminhada. A briga entre João da Costa e João Paulo gerou um racha dentro do PT durante a campanha de 2012, que foi decisivo para que o partido perdesse a eleição. Na ocasião, foi negada legenda para que Costa disputasse a reeleição.  


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook