Últimas

João Paulo espera orientação da Nacional sobre participação em protestos

De acordo com o candidato a prefeito do Recife, pelo PT, João Paulo o partido ainda não decidiu como vai se posicionar no estado em relação às manifestações, isto é, se participa diretamente, ou não. A orientação é aguardar a Executiva Nacional. “O PT está convocando uma reunião da Direção Nacional e eu vou. Deve ser 14, 15 e 16. Daqui até lá a Executiva deve se reunir e tirar alguma orientação ou antecipar essa reunião da Direção. A estadual vai aguardar”, disse, nesta quarta (31), pouco antes de participar da Ciranda da Diversidade, último ato da agenda de campanha dele, nesta quarta-feira (31). Ele optou por não assistir a sessão que votou o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).”Acompanhei com a assessoria me informando”.

 

João Paulo chegou a cogitar ir para a manifestação que aconteceu no Derby, mas a avaliação foi de que era melhor aguardar.  De acordo com ele, os próximos dias serão agitados. Para o petista o que aconteceu foi “uma mancha e um retrocesso no processo democrático do Brasil”. “É um golpe onde o que prevalece são os interesses econômicos, tirando conquistas consolidadas. Do ponto de vista da simbologia, representa o afastamento de uma mulher, a primeira mulher a governar o Brasil. O impostor Temer não tem legitimidade para governar e para implementar a política que eles querem. Não há nenhum pacto de governabilidade e vamos ter dias muito difíceis.”

Agenda
Durante a Ciranda da Diversidade, João Paulo ouviu sugestões de ações para combate à homofobia e fortalecimento dos direitos da população lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT). A ciranda  integra a série de escutas que o PT tem feito aos movimentos populares para formação do plano de governo. Uma das sugestões ouvidas foi a promover um mapeamento das famílias formada por casais LGBT para que sejam criadas políticas direcionadas de acordo com as necessidades de cada área.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook