Últimas

Jornalistas e comentaristas falam do carinho do público durante Olimpíada

Sandra Annenberg (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Sandra Annenberg (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)
Header Olimpíada Rio 2016 (Foto: EGO)Header Olimpíada Rio 2016 (Foto: EGO)

Quem não gostou da Olimpíada que atire a primeira pedra! O evento internacional mudou a rotina de muitos brasileiros, especialmente a dos cariocas, mas até quem estava fazendo a cobertura do evento não pode deixar de ser contagiado pela energia positiva. Por isso mesmo, o Estúdio da Globo no Parque Olímpico, localizado na Barra da Tijuca, virou um ponto de encontro durante os Jogos do Rio. Além de procurar os competidores brasileiros, os torcedores aproveitaram para tietar jornalistas e comentaristas que estavam fazendo a cobertura, como Mariana Gross, Fernanda Gentil, Marcelo Courrege, Guga,  Sandra Annenberg, Tande, Renata Vasconcellos, Glenda Kozlowszki e Ivan Moré.

O evento, é claro, não vai sair nunca da memória de nenhum um deles. Mas cada um vivenciou esse momento de uma maneira única. Para Mariana, por exemplo, foi uma boa maneira de voltar a ter contato direto com os telespectadores. “Eu não ia pra rua há tempos. Virei apresentadora no fim de 2013 e tenho ficado, desde então, muito mais indoor, dentro do estúdio. Nessa Olimpíada estou na rua há 20 dias, apresentando o jornal de vários pontos diferentes. Diariamente, sou cercada por torcedores que vão entrar nos estádios, ou simplesmente por moradores das regiões visitadas. É uma alegria só. É como se a arquibancada se transferisse pro lado de fora. Se transferisse para um telejornal. Há 20 dias, o RJTV tem torcida, com direito a grito de guerra, bandeira, apito e até palpites pras partidas. São transmissões quentes, felizes, intensas. Por mim, ficaria mais uns meses com a galera. Bom demais”, define a apresentadora do RJTV 1ª Edição.

Fernanda Gentil  (Foto: Globo/João Miguel Jr.)Fernanda Gentil (Foto: Globo/João Miguel Jr.)

Fernanda Gentil, que já tinha conversado com o EGO sobre a sua cobertura na Olimpíada, se mostrou muito feliz com o carinho das pessoas. “Me sinto sortuda e privilegiada por ter tido um contato tão próximo com o público no Parque Olímpico. Sempre ao final dos programas já existia uma galera esperando. Não é a toa que todos os atletas disseram que a torcida deu um show à parte. Foi uma cobertura muito especial por esta aproximação”, diz a jornalista.

Já Marcelo Courrege definiu a experiência como inesquecível. “Comigo foi como atingir o ponto mais alto de um trabalho de oito anos. Eu cubro vôlei pra Globo desde 2008 e sempre recebi muito carinho do público desse esporte. Só que durante a Olimpíada os brasileiros estavam mais emotivos, mais carinhosos, com os atletas e com a gente também. Me sentir parte de tudo isso é uma coisa que eu nunca vou esquecer”, afirma o repórter.

Guga (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Guga (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)

Gustavo Kuerten, o Guga – conhecido nas redes sociais pelo apelido carinhoso de “Labrador Humano” – se mostrou, como sempre, alegre. “Estou muito feliz em participar desta Olimpíada, desta vez como comentarista. É uma emoção diferente, especial. O carinho que temos recebido é algo especial demais. Sempre que me param, faço questão de atender cada um, pois sei que aquele momento é importante para quem pede. Foram dias inesquecíveis”, comenta o ex-tenista.

E Sandra Annenberg, sempre otimista, não poderia deixar de falar da impotância da torcida durante os Jogos. “Essa foi uma das vivências mais intensas da minha vida! E por tantos motivos: por poder participar do maior evento esportivo do mundo, por ter sido na nossa casa, pela Globo ter feito a maior cobertura da sua história e, principalmente, pelo encontro com o público olímpico! Que sintonia e que energia! Espero que consigamos manter esse astral e a auto-estima em alta daqui pra frente. Que o esporte não saia nunca mais das nossas vidas, ou melhor, que o esporte entre cada vez mais cedo na vida dos nossos pequenos-futuros-atletas! E que continuemos embalados pelo Espírito Olímpico!”, deseja a apresentadora.

Mariana Gross (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Mariana Gross (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)

 

Marcelo Courrege (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Marcelo Courrege (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)
Tande (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Tande (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)
Renata Vasconcellos (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Renata Vasconcellos (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)
Glenda Kozlowszki (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Glenda Kozlowszki (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)
Ivan Moré durante a Olimpíada (Foto: Globo/João Miguel e João Cotta)Ivan Moré durante a Olimpíada (Foto: Globo/João Miguel e João Cotta)
Estúdio Globo (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)Estúdio Globo (Foto: João Miguel Júnior e João Cotta / TV Globo)

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook