Últimas

Jovens são presos por ameaçar policial em cidade do interior de Minas

A violência habitual dos grandes centros chega à pequena e pacata cidade de Rosário de Limeira, a 250 quilômetros de Belo Horizonte, na Região da Zona da Mata de Minas Gerais. A população de pouco mais de 4 mil habitantes ficou alarmada após episódios de ameaça de morte sofrida por policial militar. A Polícia Civil de Muriaé e Polícia Militar de Rosário da Limeira prenderam nesta quarta feira, em operação conjunta, dois homens acusados de intimidar um soldado e sua família.

“Rosário é uma cidade tranquila e pacata. O policial que foi ameaçado é uma pessoa da paz e amável, ninguém entendeu o porquê do que aconteceu. Essas prisões servirão de lição para outros baderneiros”, conta o delegado responsável pelo caso, Júnio Cesar Pereira de Oliveira. Após investigações, foi expedido mandado de prisão preventiva para Waldeir Cristovão de Souza, de 29 anos, e Paulo Sérgio Pedrosa Jorge, de 28, pois teriam feito pichações com os dizeres “vai morrer”, jogado pedras e colocado uma cruz no portão da casa do militar.

Waldeir tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e seria o mandante das ameças. Os presos são primos e seriam usuários de drogas. Na casa de Waldeir foi encontrada uma bucha de maconha, além de material para embalar drogas e uma faca. Os presos foram conduzidos ao presídio de Muriaé. 


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook