Luis Álvaro de Oliveira, ex-presidente do Santos, morre aos 73 anos

Marcado por títulos e caso Neymar, dirigente vinha sofrendo com diversos problemas de saúde

 Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos entre 2009 e 2014, morreu na madrugada desta terça-feira (16) em São Paulo. 

Laor, como era conhecido, sofreu com muitos problemas de saúde nos últimos anos e teve inclusive que se licenciar do cargo para focar em tratamentos. A sua última internação havia sido por conta de um tumor no aparelho digestivo. Não foi divulgada a causa do óbito.

O dirigente foi um dos mais vitoriosos da era pós Pelé. Durante sua gestão, o Peixe conquistou o tricampeonato paulista (2010, 2011 e 2012), a Copa do Brasil (2010), a Recopa Sul-Americana (2012) e a Copa Libertadores da América de 2011.

(Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

O ex-presidente santista também ficou marcado pelo plano que manteve Neymar mais tempo no clube. No fim, porém, acabou rompendo tanto com o staff do jogador (que teria atuado já negociado com o Barcelona na final do Mundial de 2011 sem Laor saber) como com antigos aliados da diretoria.

“O Santos FC lamenta o falecimento do seu ex-presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que tinha 73 anos. Ele foi presidente entre de dezembro de 2009 e maio de 2014. O Clube decretou luto oficial de três dias. Ainda não há informações sobre o velório e onde o corpo será enterrado”, afirmou o clube alvinegro em nota oficial.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook