Últimas

Marlon substitui Vermaelen nos planos defensivos do Barcelona

O brasileiro tem impressionado na pré-temporada e sua forma convenceu seu novo clube a liberar o jogador belga para a Roma após duas temporadas decepcionantes



ANÁLISE

 


Quatro defensores deixaram o Barcelona e apenas dois chegaram. Dani Alves, provavelmente o melhor lateral-direito da história do clube, ​​mudou-se para a Juventus e ninguém o substituiu. No entanto, Luis Enrique insiste com um sorriso que “este é um elenco de luxo, no papel o melhor que já tive” desde que assumiu, no Camp Nou, em 2014. E, como suas duas primeiras temporadas terminaram com um triplo e um duplo título, há talvez uma razão para acreditar que esta será mais uma campanha bem-sucedida para o clube catalão.

Marc Bartra e Thomas Vermaelen ambos foram autorizados a sair, assim como Daniel Alves e Adriano, um jogador marcado por problemas físicos há algum tempo. Do lado esquerdo, Lucas Digne vem para competir com Jordi Alba, o que significa que há pouca mudança de qualidade à disposição do treinador. Alves, no entanto, é um talento desperdiçado.

Samuel Umtiti chegou para reforçar o centro da defesa, assim como Jeremy Mathieu definido para iniciar a temporada como possível reserva de Javier Mascherano. O ex-jogador do Lyon, que impressionou pela França na Euro 2016, pode também jogar na esquerda – embora o Barca agora tenha boas opções nessa posição.

Portanto, todas as posições além do lateral-direito possuem opções melhores do que na temporada passada.

A única preocupação entre alguns apoiadores é a falta de reserva para Gerard Pique, mas o Barça B assinou com Marlon Santos, que brilhou com a primeira equipe na pré-temporada e foi a sua forma que convenceu o clube de deixar partir. O brasileiro, que chegou por um empréstimo de uma temporada do Fluminense, é o ás na manga do diretor esportivo Robert Fernandez.

O clube cansou de Vermaelen, que foi perturbado por lesões desde sua chegada, há dois anos, e agora estão colocando sua fé em um jogador descrito por alguns como o “novo Thiago Silva”, na crença de que ele pode se tornar um defesa-central de classe mundial.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook