Últimas

Moradores do Village impedem saída de ônibus do terminal e cobram segurança

Usuários do transporte, apesar de ficarem prejudicados, apoiam mobilização

 

Moradores do Village Campestre, em Maceió, bloquearam a entrada do terminal e impediram a saída de ônibus no início da manhã desta segunda-feira (8). A população cobra mais segurança e afirma que os assaltos e a violência são crescentes na região.

De acordo com o líder comunitário Fernando José dos Santos, a comunidade vive amedrontada. "Depois das 18h os ônibus não ficam mais aqui. Ninguém aguenta mais. É assalto todo dia. Nós queremos uma solução para isso", pediu o representante.

Ele disse ainda que uma reunião foi marcada para acontecer às 10h de hoje. "Os ônibus não serão liberados agora. A gente sabe que atrapalha as pessoas que precisam ir trabalhar, mas infelizmente é preciso uma mobilização desse tipo para chamar a atenção das autoridades", informou.

Segundo o líder comunitário, a maioria das pessoas está apoiando a paralisação. "Elas sabem que é para o bem de todos. A gente já está cansando. Nós tivemos reunião com o CPC [Comando de Policiamento da Capital] e eles prometeram reforçar a segurança aqui, mas nada foi feito. Nós queremos que pelo menos um PM Box móvel fique no terminal", declarou Fernando.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Alagoas (Sinttro/AL), Cristiano dos Santos, informou que o Sindicato tem se reunido uma vez por mês com representantes da Segurança Pública e pedido solução para a violência em diversos pontos da cidade. 

 

Ônibus estão parados no terminal do conjunto Village Campestre

FOTO: CORTESIA

gazetaweb

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook