Últimas

Motoboy cria serviço de transporte para jogadores de Pokémon Go em Fortaleza

Menos de 24 horas depois do lançamento do jogo no Brasil, o brasileiro já arruma formas de ganhar dinheiro com Pokémon Go. O motoboy cearense Denis Freitas Paes, de 32 anos, resolveu aproveitar a febre do game e lançar um serviço de transporte voltado aos treinadores Pokémon. 

“Fui dispensado da empresa há um mês, então ‘bolei’ essa ideia há um tempo. Postei em um grupo e já teve mais de 300 ‘curtidas’. O pessoal está achando interessante”, contou, em entrevista ao jornal O POVO Online. Denis, que trabalha como motoboy há 15 anos, cobra R$ 25 por hora para transportar os jogadores.

Assim que o jogo foi disponibilizado, na quarta-feira, ele divulgou o trabalho em grupos na web e em redes sociais. Até o momento, ele ainda não transportou nenhum treinador Pokémon, mas acredita que deve estrear o serviço até a noite desta quinta-feira. “Ontem à noite, muita gente me perguntou como funciona. Eu acho que logo vou ter clientes, pois durante o dia as pessoas estão na escola ou no trabalho”, afirmou ele.

Os clientes com menos de 18 anos deverão apresentar uma autorização dos pais, segundo Denis. O veículo também possui um carregador de celular, que poderá ser utilizado pelos treinadores. Os horários são agendados via WhatsApp, por meio do número (85) 98764-0520. Pai de dois filhos, de 5 e 14 anos, o motoboy também já baixou Pokémon Go.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook