Últimas

Neste sábado, Neymar tem a chance de fazer o que nenhum outro craque do futebol brasileiro fez

Jogador poderá conduzir o Brasil na conquista da primeira medalha de ouro do futebol brasileiro; único título que falta à Seleção pentacampeã do mundo

Há um passo da glória, é assim que Neymar está. O jogador da Seleção Brasileira tem a chance de fazer o que nenhum outro craque da história do futebol brasileiro conseguiu: colocar a tão sonhada medalha de ouro no peito.

 

Muito mais do que a medalha, essa conquista significa muito para o futebol pentecampeão do mundo. De todos os títulos disputados esta é a única taça que falta para completar a coleção de um país que se transformou no país do futebol.

 


(Foto: Getty Images)

 

Em 2013, o camisa 10 comandou o Brasil na conquista da Copa das Confederações, uma competição que apesar de ter um peso menor foi importante porque a Seleção derrotou a Espanha na grande final. Na Ocasião a La Roja era campeã do mundo e da Euro.

 

Com autoridade Neymar meteram 3 a 0 nos espanhóis e aumentaram a confiança para a Copa do Mundo no ano seguinte. O brasileiro estava em alta e super badalado com o torcedor.

 

Porém ao se machucar contra a Colômbia nas quartas de final, Neymar ficou de fora do duelo contra a Alemanha, na semifinal. Desde então as coisas nunca mais foram as mesmas para o atacante vestindo a amarelinha. 

 


(Foto: Getty Images)

 

Depois da fatídica derrota, o Brasil foi eliminado pelo Paraguai na Copa América de 2015, e não passou da primeira fase na Copa América Centenário em 2016. Fracas atuações e muitas cobranças viraram rotina.

 

Neymar começou a ser cobrado pela torcida já que suas atuações com a camisa da Seleção são bem abaixo do que o torcedor do Barcelona está acostumado a ver. Críticas por sua postura como capitão também surgiram.

 


(Foto: Getty Images)

 

Não foi diferente quando a Olimpíada começou. Após dois empates nos dois primeiros jogos mais cobranças em cima do atacante que não teve boas atuações. Neymar também não atendeu à imprensa o que aumentou as críticas já que é o capitão e deveria responder pelo grupo nas horas boas e nas horas ruins.

 

Mas tudo isso ficou de lado depois da boa atuação contra a Dinamarca que garantiu a classificação do Brasil para a segunda fase. Em seguida, o jogador espantou um fantasma diante da Colômbia, adversária que havia complicado a vida do craque antes.

 


(Foto: Getty Images)

 

Mais uma vitória e os elogios retornaram, e aumetaram depois da goleada sobre Honduras e a classificação para a grande decisão contra a Alemanha, no Maracanã.

 

Agora, o camisa 10 tem uma oportunidade única que ser campeão olímpico, dentro de casa, no maior palco do futebol brasileiro, contra os alemães, adversários que trazem péssimas recordações recentes aos torcedores da Canarinho.

 


(Foto: Getty Images)

 

Talvez nem o próprio craque tenha a dimensão do feito que está prestes a fazer, colocar a tão sonhada medalha de no peito e, ao mesmo tempo, escrever seu nome na história da pentacampeã do mundo.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook