Últimas

Oficial: Milan é vendido por 740 milhões de euros


Silvio Berlusconi assinou nesta sexta-feira (5) um pré-contrato para vender o clube

Agora é oficial. Nesta seta-feira (5) a Finivest, empresa de Silvio Berlusconi, presidente do clube, que detém 99,93 por cento do Milan, confirmou que o clube foi vendido a um consórcio chinês. Os valores giram em torno dos 740 milhões de euros (R$ 2,6 bilhões). 

De acordo com o comunicado, Berlusconi “aprovou o acordo preliminar assinado entre o diretor geral da Fininvest e Han Li, representante de um grupo de investidores chineses para a compra e venda de todas as ações, correspondente a 99,93 por cento, detidas pela Fininvest no AC Milan”.

Números do Milan na Série A:

“O contrato, que vincula ambas as partes, será aperfeiçoado no fim de 2016, quando estiverem conseguidas as autorizações previstas nestes casos pelas autoridades italianas e chinesas”, acrescenta a nota.

O novo proprietário vai investir um mínimo de 350 milhões de euros em reforços nas próximas três temporadas, sendo que os 740 milhões que serão pagos a Berlusconi incluem os 220 milhões e de dívida do clube “rossonero”.

Milan ganhou oito títulos da Serie A, uma Taça de Itália, cinco Copas da Europa duas Taças Intercontinentais e Mundial de Clubes durante a chefia de Berlusconi.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook