Últimas

Ora Bolas: Fair play financeiro atrapalha negociação entre Gabigol e Inter de Milão

Clube italiano só poderá contratar o atacante do Santos por empréstimo com obrigação de compra



GOAL Por Bruno Andrade


Acionada pela Uefa por causa do fair play financeiro, a Inter de Milão viu a negociação por Gabigol esfriar nos últimos dias. Antes preparado para desembolsar 25 milhões de euros (quase R$ 91 milhões) de imediato pelo acordo, o clube italiano agora só poderá contratar o atacante por empréstimo com obrigação de compra. O Santos, no entanto, inicialmente não tem interesse no novo modelo da transferência.

Com a Inter de Milão enfrentando obstáculos, a rival Juventus volta a ganhar força na disputa. O clube de Turim, vale lembrar, ainda está disposto a pagar 20 milhões de euros (cerca de R$ 73 milhões) pelo santista, que atualmente está defendendo a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio. Atlético de Madrid, Leicester e Manchester United também têm interesse na aquisição do jogador de 19 anos.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
As últimas do mercado | Nilmar próximo da Grécia | Chelsea desiste de T. Maia


A proposta salarial da Inter de Milão para Gabigol é de aproximadamente 3,5 milhões de euros (R$ 12,7 milhões) por temporada. A Juventus, por sua vez, oferece 3 milhões de euros (R$ 11 milhões). 

Proposta por João Mário

Por causa do fair play financeiro, a Inter de Milão também encontra dificuldades para contratar o meia-atacante João Mário, do Sporting. Os italianos estão usando a mesma estratégia que pretendem propor ao Peixe por Gabigol: empréstimo de uma temporada com obrigação de compra.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook