Pé calibrado! Coutinho tem aproveitamento incrível em chutes de fora da área

O brasileiro foi o grande nome da vitória do Liverpool sobre o Arsenal, e fez mais um golaço de longa distância

O Liverpool conquistou uma vitória emocionante na primeira rodada do Campeonato Inglês 2016-17: 4 a 3 sobre o Arsenal, de virada e na casa do adversário. Só que os três pontos não viriam não fosse a atuação maiúscula de Philippe Coutinho.

Circulando por todo o meio de campo – especialmente da faixa central para a esquerda -, o camisa 10 empatou o jogo com um golaço de falta; participou do lance que colocou os Reds na frente dos londrinos e, aparecendo como uma flecha dentro da área, fez o terceiro.

Mas o que impressionou mesmo foi o gol de empate. Um golaço! Coutinho conseguiu a batida perfeita. O seu arremate uniu força e efeito, apesar de ter sido com o lado de dentro do pé. Do alto de seus 1,96m, Petr Cech se esticou todo. Em vão.

Treze dos 30 gols de Coutinho pelo Liverpool foram de fora da área (Foto: Getty Images)

Em arremates de fora da área, poucos jogadores no mundo são tão letais na atualidade quanto o brasileiro revelado pelo Vasco da Gama. No Liverpool, ninguém balançou mais as redes em chutes de longe na última temporada da Premier League. Foram quatro, de 20 tentativas. Apenas Sergio Aguero, do Manchester City, superou a marca do meia (5 gols).

Philippe Coutinho poderia até não saber, mas contra o Arsenal ele teria, na teoria, ainda mais chances para aproveitar o chute de longa distância. É que nenhum outro time levou tantos gols de fora da área quanto os Gunners, considerando partidas de Campeonato Inglês desde a temporada passada. O golaço do camisa 10 foi o 12º tento de longe que o time treinado por Arséne Wenger levou em tal período.

Foi, também, o 13º gol de fora da área de Philippe Coutinho com a tradicionalíssima camisa vermelha. No total, o brasileiro soma 30 considerando todas as competições disputadas pelos Reds.

Dias antes de a bola rolar, o técnico Jurgen Klopp afirmou que deseja ver as pessoas comentando, daqui a décadas, sobre como a temporada 2016-17 foi especial para a equipe de Anfield. O futuro está muito longe, mas se o Liverpool quiser fazer história terá em Coutinho um de seus protagonistas. Na primeira rodada da Premier League, foi ele o grande destaque individual.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook