Últimas

Por causa de Kaká, São Paulo é condenado a pagar mais de dois milhões ao Orlando City

A equipe dos Estados Unidos cobrava um total de R$ 13, 8 milhões, mas parte da quantia foi desconsiderada

O São Paulo terá de pagar R$ 2,6 milhões ao Orlando City pelo empréstimo de Kaká, que teve a sua última passagem pelo Morumbi em 2014. A decisão foi tomada pela Justiça de São Paulo. O valor é relativo à dívida de R$ 1.744.359,26, além de 290 mil dólares (cerca de R$ 915 mil) de multa.

Apesar de ter sido uma decisão desfavorável ao Tricolor, o pagamento decidido foi bem menor em relação ao que o clube estadunidense pedia (R$ 13,8 milhões). Os advogados do Orlando City basearam o valor nas multas diárias de 10 mil dólares, que o São Paulo deveria ter que pagar por descumprir o pagamento de 20% do incremento nas rendas de bilheteria das partidas realizadas, com a presença de Kaká, no Morumbi.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Top 10: jogadores mais bem pagos | Neymar ajudou Rafaela Silva | Os mais perigosos do Brasileirão


Só que para o juiz Rogério Marrone de Castro Sampaio, da 27ª Vara Cível de São Paulo, o Tricolor devia R$ 1,7 milhão – valor referente aos 20%. A multa não foi aceita por ser considerada abusiva. Na última temporada, o time dos Estados Unidos tentou até mesmo contratar Paulo Henrique Ganso, atualmente no Sevilla, para abater R$ 13 milhões da ação.

(Foto: Getty Images)

Os valores deverão ser corrigidos e acrescidos de multa de 1% ao mês a partir do vencimento.

Kaká retornou ao São Paulo em 2014, emprestado pelo Orlando City. Em sua segunda – e última – passagem pelo clube que o revelou, o meio-campista disputou 24 jogos e fez três gols.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook