Últimas

Presidente do São Paulo classifica invasão do treino como ato político e aciona autoridades

Em entrevista coletiva, o mandatário do Tricolor falou sobre a invasão de vândalos ao treino do clube

O presidente do São Paulo usou palavras duras ao comentar os atos de violência durante treino do time, neste sábado (27). Leco classificou a invasão de parte da torcida organizada como um ato político da oposição e disse ter acionado todas as autoridades competentes – como Ministério Público e Federação Paulista de Futebol. O clube também registrou um Boletim de Ocorrência na Polícia.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
SPFC: invasão premeditada | OM paga por Dória | Cuca brinca sobre Gabriel Jesus


“Os autores e idealizadores deste ato não me intimidam, mesmo, muito pelo contrário. Uma coisa é a insatisfação da torcida pela situação no campeonato ou por uma derrota que todos sabem ser inaceitável (para o Juventude, na Copa do Brasil). Outra é uma ação política arquitetada para abalar a administração do clube”, afirmou o mandatário.

Confira a oscilação do São Paulo no Campeonato Brasileiro 2016

“Os idealizadores não querem o bem do São Paulo. Apostam no quanto pior melhor. Não vão triunfar. Quem pagou ônibus para a torcida vir ao CT? Quem incitou atos contra jogadores e funcionários? Vocês da imprensa devem investigar”, seguiu.

(Foto: Fernando H. Ahuvia/Goal.com)

“O cunho político é nítido porque, lamentavelmente, encontramos manifestações de figuras da oposição que criticam administração e tentam desestabilizar. Fazem referências de apoio, de que foi certo, foi bom… o que é algo impensável e inacreditável que o São Paulo tenha pessoas em seu seio que aplaudam isso”.

Durante os atos de vandalismo, três jogadores foram fisicamente agredidos (Carlinhos, Michel Bastos e Wesley). Além disso, roupas de treino foram furtadas na incursão. Mesmo assim, Leco garantiu que nenhum jogador do elenco o procurou para pedir rescisão e contrato e disse que o São Paulo vai entrar em campo normalmente neste domingo (28), contra o Coritiba.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook