Últimas

PSB desiste de candidatura própria e apoia PSD na eleição em Belo Horizonte

O prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, do PSB, apoiará o vice-prefeito Délio Malheiros, do PSD, na disputa pela sua sucessão. A decisão, anunciada neste sábado (6), provoca uma reviravolta no cenário eleitoral da capital mineira. Em convenção partidária realizada no último fim de semana, o PSB tinha lançado a candidatura do engenheiro Paulo Brant à prefeitura.

O candidato a vice-prefeito será Josué Valadão, do PSB, que foi secretário municipal de Obras e Infraestrutura. “A opção foi feita devido ao entendimento de que esta chapa [Malheiros-Valadão] representa com absoluta clareza a proposta prioritária da campanha, que é dar continuidade às políticas públicas de sucesso da gestão e prosseguir com inovações que vão melhorar ainda mais a cidade”, diz, em nota, o partido.

A desistência de Brant ocorre após fracassarem todas as tentativas de formar uma coligação que fortalecesse o nome do PSB. Sem apoio, a legenda teria que concorrer ao cargo com uma chapa puro-sangue (quando os dois candidatos são do mesmo partido).. Um dos nomes sondados para compor a chapa foi o próprio Malheiros. No entanto, ele descartou, desde o início, qualquer possibilidade de figurar novamente como vice.

PPS e PDT foram outras legendas procuradas por Lacerda, mas não aceitaram apoiar uma candidatura do PSB. O PDT optou pela candidatura do deputado estadual Sargento Rodrigues. O PPS estava dividido entre a ex-deputada estadual Luzia Ferreira, que defendia o apoio ao PSB, não conseguiu convencer a maioria de seu partido. O PPS optou por compor com João Leite (PSDB), indicando o presidente municipal da legenda Ronaldo Gontijo como vice na chapa.

Paulo Brant havia se filiado ao PSB recentemente, a convite do prefeito Márcio Lacerda. Ele foi comunicado da atual posição do PSB após um jantar de despedida dos colegas de trabalho da indústria Cenibra. Para concorrer ao cargo, ele havia pedido demissão do emprego.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook