Últimas

Renato Augusto se defende de críticas na Seleção: "Estou exatamente igual ao ano passado"

Após ter errado gol contra o Iraque, meio-campista contestado por trocar o Corinthians pelo Beijing Guoan, explicou seu posicionamento na partida

Renato Augusto, meio-campista da Seleção Brasileira, falou sobre a situação da equipe nos Jogos Olimpícos e projetou a classificação à fase eliminatória do torneio. Comandado por Rogério Micale, o time empatou as duas primeiras partidas e precisa vencer a Dinamarca na quarta-feira (10). O jogador se defendeu das críticas à sua forma.

“Fisicamente, fiz todos os testes normais no futebol, estou exatamente igual ao ano passado. Então tem que levar em conta as variações táticas”, disse Renato Augusto em entrevista coletiva.

“Primeiro, existe um trabalho tático em cima disso. No Corinthians, tinhamos um tripé com três volantes, eu como um deles. Então, eu não posso fazer o mesmo que fazia, pois deixarei um buraco na zaga. Muitas pessoas não entendem isso”, acrescentou ele.

(Foto: Getty Images)


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Barça divulga nova numeração | Pogba: Emocionado de voltar ao United | “Zidane me surpreendeu”


O camisa 5 revelou que conversou com Neymar pós-jogo. O craque brasileio passou com fones de ouvido pela zona mista e não atendeu nenhum jornalista. Renato Augusto garante que o atacante do Barcelona está confiante e sabe da responsabilidade que possui.

“Fiquei preocupado com a equipe toda depois do jogo, não há tempo de lamentar muita coisa, então fui até o quarto do Neymar. Ele ficou chateado, claro, com o resultado do jogo, mas está confiante, se sentindo bem. Não está feliz com o que está acontecendo, mas se sente bem, sabe da responsabilidade dele e da importância dele para o grupo. Ele tem apoio do grupo e da comissão”, garantiu o jogador.

“Eu nem tinha escutado gritarem Marta, fiquei sabendo depois, em campo tento me concentrar o máximo no jogo. Comparações são inevitáveis quando uma equipe não tem o sucesso que se espera e a outra tem. Sabemos como é a internet hoje, natural que venham charges e tudo mais, mas nos preocupamos com isso, e sim em fazer os gols. Assim as comparações vão acabar”, apontou ele.

Os números de Renato Augusto na partida contra o Iraque:

“No primeiro jogo, eu fui sair um pouco mais e a gente acabou tomando um contra-ataque perigoso, então me resguardei um pouco mais e nesse jogo, eu joguei como segundo homem de campo e também não pude sair mais. Você não pode sair como um louco, a posse de bola é importante pois é um time muito jovem”, afirmou ele.

“Joguei contra o Iraque como segundo homem de meio, procurei dar sustentação liberando o Zeca pelo lado direito, foi o ponto forte da nossa equipe. A posse de bola é importante para um time tão jovem, procuro não entrar na correria dos jovens. Fiz todos os testes do futebol, fisicamente estou exatamente igual ao ano passado. As variações táticas têm que ser levadas em conta”, concluiu o atleta do Beijing Guoan, da China.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook