Últimas

Ricardo Oliveira desencanta, comemora e exalta o Santos: “maior de todos os tempos”

O atacante do clube da Vila Belmiro fez, contra o Atlético-MG, os seus dois primeiros gols no Brasileirão 2016

Jogo importante, dentro de casa… e dois gols marcados. O domingo de Ricardo Oliveira foi especial. Além de ser Dia dos Pais, o camisa 9 do Santos balançou as redes pela primeira vez no Brasileirão 2016 e ajudou o Peixe na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG.

O atacante de 36 anos, artilheiro da última edição do certame nacional, foi desfalque na derrota para o América-MG na rodada anterior e se recuperou das dores que vinha sentindo no joelho. E em sua quarta partida no Campeonato Brasileiro, desencantou.

Gustavo Henrique já havia aberto o placar na Vila Belmiro, e Ricardo Oliveira dava trabalho para o goleiro Victor. Mas só conseguiu comemorar aos 69 minutos, quando aproveitou cobrança de escanteio para, sem grandes dificuldades, cabecear para o fundo das redes. Nos acréscimos, chutou forte e cruzado depois de passe açucarado feito por Vitor Bueno.

(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

Após o jogo, o atacante não escondeu a felicidade com o resultado. Aproveitou, também, para agradecer à sua família e exaltar o Santos.

(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

“Pude fazer dois gols importantes, os dois primeiros no campeonato, e fico feliz por ter contribuído, não só com os gols, mas também taticamente, cumprindo minha função. Eu, aos poucos, estou construindo uma história bonita com muito trabalho”, afirmou.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os craques do 1º turno | “Perebas” do 1º turno | Tudo sobre o Brasileirão!


“Me sinto feliz e muito honrado e fazer parte dessa instituição, a maior de todos os tempos. Minha família e filhos estão orgulhosos, assim como toda a nação que presenciou um time aguerrido, briguento, e demos alegria a todos”, disse, sem esquecer de analisar a exibição do time.

“O Santos precisa jogar 100%, como hoje, principalmente psicologicamente. O campeonato é difícil e esse time do Atlético-MG vai brigar pelo título. Tropeçamos contra o América-MG, reconhecemos que fomos abaixo, mas não dá pra lamentar. Conseguimos reabilitação e voltamos para o topo da tabela”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook