TJD condena Alecsandro com pena de dois anos por causa de exame antidoping

Abatido, o atacante do Palmeiras lamentou a decisão. Advogados garantem que vão recorrer

Alecsandro foi condenado a dois anos por ter sido flagrado no exame antidoping, que acusou o uso de anabolizantes. A decisão foi tomada após julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), por três votos em cinco possíveis, e os advogados do atacante já afirmaram a intenção de entrar com um recurso.

O antidoping deu positivo após o clássico entre Palmeiras (que está ajudando o atleta com o seu departamento jurídico) e Corinthians, no dia 3 de abril, pelo Campeonato Paulista. Alecsandro já cumpriu um mês de punição preventiva, período que será deduzido da pena de dois anos.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os doping smais famosos do futebol brasileiro | Alecsandro é flagrado em exame antidoping | Robinho e Neílton, craques da rodada


A defesa de Alecsandro usou como argumento a realização de um implante capilar por parte do jogador. O procedimento, realizado em dezembro, implicou o uso de loções e medicamentos. As substâncias eram todas legalizadas, mas teriam sido transformadas em seu fígado após a metabolização.  Três médicos, um deles especialista em bioquímica, sustentaram o argumento a favor de AlecGol.

(Foto: Friedemann Vogel/Getty Images)

A favor de Alecsandro, que poderia pegar quatro anos de suspensão (votados por outros dois juristas do TJD), pesou o histórico favorável. Pesou contra o aumento de rendimento, já que a substância queima gordura e aumenta o desempenho, e uma contradição: o jogador afirmou ter parado com a medicação em junho. Só que em maio o atleta realizou novo exame que não detectou a substância.

Alecsandro tem contrato com o Palmeiras até o fim do ano, e o clube terá três dias para recorrer depois de a sentença ser publicada pelo tribunal – o que é esperado em até 48 horas. Abatido, o atacante falou sobre o episódio.

“Venho de família de esportistas. Meu pai, Lela, foi campeão brasileiro, assim como meu irmão Richarlyson. Eu nasci dentro do futebol. Meu pai sempre me explicou os princípios de ser um atleta e eu zelo muito por minha imagem e minha família. Saber que havia sido pego no doping foi muito difícil para mim”, disse.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook