Uso de drogas e relações sem preservativos aumentam entre adolescentes brasileiros

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estátistica (IBGE) nesta sexta feira, o adolescente brasileiro está usando mais drogas, tanto lícitas quanto ilícitas. O estudo, que analisou dados do ano de 2015, foi realizado com adolescentes de idades entre 13 e 15 anos. Outro dado preocupante aponta que, além disso, os jovens também estão se arriscando mais em relações sexuais sem preservativos.

Os resultados da pesquisa apontam que, entre os jovens do país, 55,5% já experimentaram bebidas alcóolicas. A taxa é maior do que a da última pesquisa realizada em 2012, que apontava 50,3%. Já a taca dos que usaram drogas ilícitas passou de 7,3% para 9% neste ano. Em relação Pas práticas seguras no sexo, o número de usuários que usou camisinha na última relação caiu de 75,3% para 66,2%.

Por outro lado, o número de adolescentes que relatou já ter feito uso do tabaco caiu de 19,6% em 2012 para 18,4% na pesquisa atual. O percentual de estudantes que afirmam ter fumado nos 30 dias anteriores à pesquisa, porém, sofreu um pequeno aumento de 5,1% para 5,6%.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook