Últimas

Vadão mira renovação na Seleção Feminina: "Podemos chegar longe"


Brasil disputa medalha de bronze com Canadá, nesta sexta-feira (19)

A derrota para a Suécia nos pênaltis na semifinal dos Jogos Olímpicos no Rio não foi fácil, mas segundo o técnico da seleção brasileira feminina de futebol, Oswaldo Alvarez, já é uma página virada, e agora a sua equipe está totalmente concentrada para a disputa do terceiro lugar nesta sexta-feira (19).

“Acho que o dia mais crítico foi ontem (quarta-feira). Estávamos numa ressaca de desclassificação muito grande, todo mundo chateado e frustrado. Mais frustração que qualquer coisa. As atletas tentaram tudo para conquistar o resultado”, disse o treinador.

“Hoje, já percebemos uma reação boa e vamos conversar à noite para poder nos preparar bem. O espírito está renovado”, completou.

Números da seleção nos Jogos Olímpicos:

Vadão ainda se mostrou preocupado com a renovação no futebol feminino e acredita que a medalha de bronze pode despertar o interesse de novas atletas.

“Embora todo mundo esteja satisfeito com o que apresentamos, a reposição é muito lenta, há poucas atletas jogando futebol feminino. Tem muitas crianças querendo jogar e não tem onde. O que podemos deixar de mensagem é que, com condições normais de trabalho, somos capazes de chegar bem longe”, disse.

O futebol feminino conquistou até o momento duas medalhas de prata nas Olimpíadas: Em 2004, em Atenas, e 2008, em Pequim.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook