Últimas

Valesca Popozuda fala de vontade em cantar no encerramento da Rio 2016

‘Não me sinto frustrada por não participar, mas como todo artista gostaria de estar lá’, disse a cantora que fez show com Buchecha na Parada Coca-Cola.

Valesca Popozuda (Foto: EGO)Valesca Popozuda (Foto: EGO)

A noite foi de funk na Parada Coca-Cola nesta quarta-feira, 17, que recebeu Valesca Popozuda e Buchecha. Os funkeiros subiram ao palco de armazém no Boulevard Olímpico e animaram as pessoas que foram curtir noite de música em clima da Olimpíada Rio 2016.

Leia mais: Rio 2016: Valesca Popozuda visita point da cidade durante Olimpíada

Antes de subir ao palco, Valesca Popozuda conversou com o EGO e falou sobre a vontade de participar – assim como Anitta e Ludmilla participaram da abertura – do encerramento da Olimpíada Rio 2016.

“Não me sinto frustrada em não participar da cerimônia de encerramento da Olimpíada, mas como todo artista gostaria de estar lá.
Estou participando de uma certa forma de um evento dentro da Olimpíada, como o que tá acontecendo aqui agora, promovido pela Coca-cola”, disse ela.

Preste a lançar sua biografia, que está marcada para o dia 29 de agosto na Bienal do Livro, em São Paulo, Valesca falou sobre ser considerada uma ‘pensadora’. “Todos nós pensamos e podemos externar a nossa opinião para as pessoas que nos consomem. E eu acredito que todo mundo tem a oportunidade de expressar o que pensa. Sou sim uma pensadora contemporânea, sou dessas, como o próprio título do livro diz”.

Em entrevista recente, Valesca já havia adiantado como seria seu livro. “Sinceramente, nunca pensei que um dia seria convidada a escrever um livro para contar trechos de minha história. Indo da vida aos palcos. Foi como relembrar cada passo que dei ao longo de todos esses anos de luta para sobreviver e dar o melhor ao meu filho e a minha família. E sabe, que escrevendo, fui vendo que a gente se torna guerreira pela necessidade e não por vocação. Eu, que até latada já tomei, fiz e faço disso, algo para me dar força. E olha onde cheguei? Com muita humildade e pés fincados ao chão, eu me sinto realizada e cheia de medo em saber que estarei na Bienal do Livro, lançando parte da minha história para tanta gente. É um presente do Papai do Céu”, disse ela.”

Valesca Popozuda (Foto: EGO)Valesca Popozuda (Foto: EGO)

 

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook