Últimas

A pressão do Fluminense continua

Árbitro do próximo duelo contra o Corinthians também já esteve envolvido em polêmica com tricolor, e clube carioca joga ainda mais pressão antes da bola rola



ANÁLISE


Parece que a Confederação Brasileira de Futebol deseja que a polêmica envolvendo a arbitragem na próxima partida entre Corinthians e Fluminense continue no domingo (25). Isso porque após a vitória do Alvinegro por 1 a 0 na última quarta-feira (21) pela Copa do Brasil, o Tricolor disparou críticas contra o apito de Rodolpho Toski Marques e já jogou pressão para o duelo do fim de semana.

Para este domingo, a arbitragem será de Anderson Daronco, de 35 anos. O mesmo que teve atuação confusa na semifinal da Copa do Brasil do ano passado, em que o clube carioca acabou eliminado pelo Palmeiras. “Como que eu, os jogadores e o treinador vamos lidar com esta situação?”, postou o presidente Peter Siemsen após tomar conhecimento.

E a pergunta que fica é por que a CBF não se preserva e escala um nome que não esteve envolvido em polêmica com nenhum dos dois clubes, ainda mais depois de tanta reclamação por parte do Fluminense na última partida – ainda que exagerada?

Desta forma, além de ser um duelo tenso uma vez que é decisivo na luta por uma vaga na Copa Libertadores de 2017, Daronco ainda entrará muito pressionado com o seu histórico contra o tricolor. Dos 10 jogos apitados, a equipe perdeu quatro, empatou outras quatro e perdeu duas.

 

“Ele fez uma arbitragem muito ruim no ano passado. A CBF sabe disso, sabe das polêmicas que o Anderson Daronco já teve com o Fluminense. Vamos esperar que ele esteja numa tarde iluminada no domingo e faça uma boa arbitragem. Todo mundo viu o que aconteceu quarta e agora é torcer para que não se repita o que aconteceu nos últimos anos. Esse é o nosso maior medo”, também reclamou o diretor de futebol Jorge Macedo.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Fontes: Arbitragem e muletas | Flu fez muito barulho por nada | Timão responde Levir


Como visto, o Flu já se antecipou e jogou pressão sobre o árbitro, desejando desta forma se precaver de novas polêmicas. Atitude que a CBF deveria ter tomado para evitar novas reclamações por parte dos clubes e protegendo também o árbitro da partida.

O Fluminense é o sexto colocado do Brasileirão, com 40 pontos, um a menos que o Corinthians, que ocupa a quinta posição. As equipes se enfrentam neste domingo, às 16h (horário de Brasília).


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook