Últimas

Alan Patrick e Gabriel Jesus dão a volta por cima e brilham em briga pelo título

Meia foi vaiado antes de fazer gol, enquanto atacante se recuperou de lesão e foi suspenso antes de empatar a partida


GOAL Por Allan Brito 


O jogo entre Palmeiras e Flamengo teve uma grande expectativa e foi até chamado de “final antecipada” por alguns torcedores. A partida terminou 1 a 1 e não decidiu nada no Campeonato Brasileiro, mas serviu para redenção de dois jogadores, Alan Patrick e Gabriel Jesus.

Quem brilhou primeiro foi Alan. Aos 17min do 2º tempo, quando o Flamengo já tinha um jogador a menos – Márcio Araújo foi expulso no 1º tempo -, o meia entrou em campo e imediatamente foi vaiado e xingado pela torcida do Palmeiras. Ele jogou no clube no ano passado, teve atuações irregulares e saiu sem deixar saudades.

Mas os xingamentos não serviram para marcá-lo e evitar o vacilo enorme de Zé Roberto, que se distraiu quando Gabriel foi substituído e não viu a entrada de Alan Patrick na ponta esquerda. Após passe de Éverton, o meia recebeu a bola e abriu o placar no Allianz Parque. Logo ele, que já tinha feito gol no jogo de ida contra o Palmeiras, em Brasília.

Veja números de Gabriel Jesus e Alan Patrick na partida:

Já Gabriel Jesus teve que superar dois problemas antes de brilhar mais uma vez pelo Palmeiras. Primeiro porque ele estava com dores desde o jogo contra o Grêmio e houve muito mistério antes da partida. Cuca escondeu até os últimos 15 minutos se ele iria jogar ou não.

Mas Gabriel foi para campo e teve uma atuação apagada no 1º tempo. Na etapa final, ainda aconteceu mais um problema: ele fez uma falta boba no meio-campo e levou o terceiro cartão amarelo no campeonato, o que faz com que ele seja suspenso para o clássico contra o Corinthians, na próxima rodada.

Porém, Jesus se redimiu desse vacilo da melhor forma possível. Aos 37min do 2º tempo ele aproveitou um lateral cobrado por Moisés, em que Yerry Mina desviou de cabeça, e apareceu na área para marcar. Ele fez seu 11º gol no campeonato e salvou o Palmeiras de uma derrota grave. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook