Últimas

Arouca, do Palmeiras, é suspenso preventivamente por causa de doping

Volante tem agora cinco dias para apresentar sua defesa, que já está encaminhada pelos médicos do clube

Como já era esperado pelo Palmeiras, o volante Arouca recebeu suspensão preventiva por causa do caso de doping revelado nesta semana. O jogador terá que ficar 30 dias sem jogar e precisa apresentar sua defesa nos próximos cinco dias úteis. O clube acredita que ele não receberá outra punição.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Médicos explicam caso | Como G. Jesus evoluiu | Leia notícias do Palmeiras


Arouca foi flagrado no exame após o jogo entre Inter e Palmeiras, em junho, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A substância encontrada foi Hidroxytriamcinolone acetonide.

Um dia após o anúncio da notícia, os médicos do Palmeiras, Rubens Sampaio e Vinicius Martins, deram entrevista coletiva em que isentaram Arouca de doping. Eles acreditam que não haverá punição por causa da forma como foi aplicada a substância – ela é proibida quando ingerida de algumas formas, mas não pela intra-articular, como teria sido no caso de Arouca.

Veja parte da notificação enviada ao clube, Federação Paulista e Controle de Doping da CBF:

“Comunicamos que o Dr. Auditor Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Dr. Ronaldo Botelho Piacente, de acordo com o disposto no Art.102 do CBJD, aplicou a suspensão preventiva por 30 (trinta) dias ao atleta Marcos Arouca da Silva, atleta da Sociedade Esportiva Palmeiras”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook