Últimas

Bauza promete não começar uma guerra com o Barcelona por Messi

O treinador da Argentina afirma que seleção e clube têm que trabalhar juntos a fim de garantir o camisa 10 no seu auge físico

O técnico da Argentina, Edgardo Bauza, tentou esclarecer os comentários feitos sobre o tratamento de Lionel Messi no Barcelona, garantindo que não pretende começar uma guerra com o clube catalão por causa da estrela. O comandante deu a entender, um dia antes, na quinta-feira (22), que o Barça não teria sido cuidadoso o suficiente.

“O Barça sempre nos envia mensagens pedindo para cuidarmos de Messi, mas parece que eles não fazem isso”, contou Bauza ao Fox Sports.

O atacante de 29 anos sofreu uma lesão na virilha durante o empate em 1 a 1 com o Atlético de Madrid e deve ser desfalque por três semanas. O camisa 10 vira dúvida para os jogos das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo, contra Peru e Paraguai, no próximo mês.

“Eu quero esclarecer que eu não quero começar uma guerra com o Barcelona. Muito pelo contrário”, disse Bauza ao Sport. “Queremos trabalhar junto com eles para o bem do jogador, que não é qualquer jogador”, afirmou ele.

(Foto: Getty Images)


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Ancelotti provoca Real Madrid | Confira o cartoon do dia | Juventus: Hernanes entende vaias


“O que eu disse foi em um contexto diferente, sublinhando que é responsabilidade de todos cuidar de Messi”, insistiu o treinador.

“Além disso, não podemos ignorar que Messi jogou cinco jogos em duas semanas. Pedimos para que o clube cuide dele, para que todos possam desfrutar de sua qualidade. Sua lesão é prejudicial para nós”, analisou Bauza.

“Messi sempre quer jogar, pelo clube e pela seleção. Nós, os treinadores e médicos, devemos assumir a responsabilidade, enquanto ele está conosco. Não podemos e não queremos intervir nos planos do Barcelona, ​​e nós entendemos que o clube fez o que precisava fazer”, concluiu ele.

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook