Últimas

Bianca Toledo depõe sobre acusações de Felipe sobre cárcere privado

13/09/2016 – 17:00

O ex-esposo da cantora afirmou que foi mantido em cárcere durante os sete dias que ficou internado em uma clínica psiquiatra



Bianca Toledo depõe sobre acusações de Felipe sobre cárcere privado Bianca Toledo e o advogado João Maia (Foto: Priscila Bessa / EGO)

Na tarde desta terça-feira (13) a cantora Bianca Toledo fez uma transmissão ao vivo em seu Facebook para comentar as acusações feitas contra ela por Felipe Heiderich, seu ex-esposo, que entrou com uma ação dizendo que foi mantido em cárcere privado.

Felipe alega que foi internado a força em um hospital psiquiátrico e que não tentou cometer suicídio como a cantora havia afirmado quando fez a denúncia de pedofilia contra ele.

Mas nesse vídeo novo, Bianca afirma que todas as provas contra ele, inclusive a declaração de tentativa de suicídio feita por ele, já foram entregues para a imprensa e que logo será divulgada por jornais e programas de TV.

A cantora diz que Felipe cometeu, ao denunciá-la de cárcere privado, o crime de denunciação caluniosa, acionando a justiça por um crime que não aconteceu.

Bianca revela também que não foi intimada, apenas chamada para prestar esclarecimentos. Ela estava nos Estados Unidos quando foi comunicada sobre as acusações feitas por Felipe e somente agora, quando voltou de viagem, e apenas no dia de hoje ela foi prestar tais esclarecimentos.

“Eu não sei por que ele cometeu esse outro crime. Isso na verdade irá prejudica-lo e muito”, disse Bianca. “A minha responsabilidade é esclarecer para vocês, mesmo não querendo tratar de assuntos pessoais aqui com vocês”.

A acusação contra ela envolve outras pessoas, inclusive os paramédicos que atenderam Felipe quando ele foi encontrado após tentar suicídio, o próprio plano de saúde que o internou e outras pessoas.

“Eu praticamente não participei disso [internação de Felipe na clínica psiquiátrica]. Isso foi feito pelo Corpo de Bombeiros, pela UPA da Barra da Tijuca e o plano de saúde. Eu simplesmente como na época, esposa, fui e assinei como responsável pelo paciente e comuniquei a mãe dele que após os sete dias de observação eu não seria mais responsável por ele”, comentou.

Assista:


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook