Últimas

Consistência, o que separa Alexis Sánchez de Messi e CR7

Chileno teve uma impressionante Copa América, mas depois não conseguiu manter o mesmo nível no Arsenal. Ainda assim, aspira o topo

“Cheguei a um nível em que posso competir com ótimos jogadores. Não me sinto inferior a ninguém. Comparo as minhas qualidades com as de Messi e Cristiano Ronaldo. Tenho a mesma capacidade e habilidade deles. “

Alexis Sánchez acredita em suas habilidades.

Seria fácil relacionar estas declarações à extrema confiança, mas os que conhecem o chileno diriam que se trata de um reflexo da sua personalidade. Confiante, motivado e sempre buscando melhorar, Alexis não vê razões para que ele não possa estar no nível de CR7 e Messi.

 Getty Images

O chileno deixou o Barcelona e se juntou ao Arsenal há dois anos por pouco algo em torno de 32 milhões de libras. Sua chegada a Londres coincidiu com a aposentadoria de vários jogadores, e Arsène Wenger ficou empolgado, pois ele teria hierarquia e qualidade, e um dos melhores jogadores do futebol sul-americano.

Alexis marcou 43 gols em 96 jogos desde a sua chegada, e justificou as expectativas que gerou, embora ainda pareça longe de alcançar Cristiano Ronaldo e Messi. Apesar da maioria das pessoas o colocarem abaixo das duas maiores estrelas do futebol contemporâneo, ninguém o conhece melhor do que ele mesmo. Sánchez treinou com o argentina e sabe o quanto ele é bom.

Números de Alexis na Premier League 2015/16:

Alexis é dois anos mais novo que Messi e quatro mais que CR7, por isso se pode argumentar que ele pode chegar a esse nível. O que os separa é a consistência ao longo de uma temporada. Depois de participar por dois anos consecutivos da desgastante Copa América, os problemas físicos aumentaram para o “garoto maravilha”. As lesões são um problema para os jogadores do Arsenal. Agora todo mundo sabem que ele correu para jogar contra o Norwich City em dezembro, mas não foi possível.

Essas questões o prejudicaram. Cristiano Ronaldo fez 35 gols em 36 jogos na temporada passada do Campeonato Espanhol, enquanto Messi marcou 26 em 33. Depois de começar com 16 gols em 35 jogos, Alexis não conseguiu manter e na temporada 2015-16, fez 13 em 30. Embora ainda seja um número positivo, existe uma evidente falha.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
MSN jogará em breve | Barça sem Messi? | Real imitando Barcelona?


Nesta temporada, Alexis jogou três partidas na Premier League e marcou um gol na vitória por 3 a 1 para o Watford. A tentativa de Wenger de colocá-lo como centroavante em jogos anteriores não funcionou tão bem. Agora, com o retorno de Olivier Giroud e Lucas Pérez, ele irá retornar para a sua posição favorita.

Por agora, o objetivo do chileno será impor as suas condições em todos os jogos, semana após semana. Se conseguir se manter sem lesões, a possibilidade dele fazer muitos gols e começar a ser cogitado como um dos candidatos à Bola de Ouro, por exemplo, está ao seu alcance. Tudo depende de Alexis, claro.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook