Datafolha: Doria sobe 9 pontos e empata tecnicamente com Russomanno e Marta

O candidato a prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) subiu 9 pontos porcentuais e chegou a 25% das intenções de voto, de acordo com pesquisa do Instituto DataFolha divulgada nesta quinta-feira. O candidato e deputado Celso Russomanno (PRB) caiu 4 pontos porcentuais e agora está com 22%. A candidata e senadora Marta Suplicy (PMDB) oscilou 1 ponto para baixo e aparece com 20%. De acordo com o instituto, Doria, Russomanno e Marta estão empatados tecnicamente, uma vez que a margem de erro é de 3 pontos porcentuais. Os números foram divulgados pelos portais UOL e G1.

O prefeito Fernando Haddad (PT), candidato à reeleição, oscilou 1 ponto para cima e está com 10%. A deputada Luíza Erundina (PSOL) tem 5% das intenções de voto. Major Olimpio (SD) tem 2% e Levy Fidelix (PRTB) está com 1%. Os concorrentes João Bico (PSDC) e Ricardo Young (Rede Sustentabilidade) aparecem com 0%, segundo o DataFolha. Altino (PSTU) e Henrique Áreas (PCO) não pontuaram. Os votos em branco e nulos somam 11% e 4% dos eleitores entrevistados disseram não saber em quem votar .

Em comparação com a pesquisa anterior do mesmo instituto, Erundina oscilou 2 pontos negativamente. Na sondagem anterior, Russomanno tinha 26%; seguido por Marta (21%), Doria (16%), Haddad (9%), Erundina (7%), Olímpio (2%), Fidelix e Bico (1%), Young, Altino e Áreas, 0%.

A pesquisa foi contratada pela TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo. O Datafolha consultou 1.260 eleitores na capital paulista nesta quarta-feira, 21. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo SP-00573/2016.

Rejeição
A pesquisa também apurou o índice de rejeição dos candidatos. Haddad é o que tem o maior percentual, 45%. Fidelix vem em segundo, com 30%. Marta aparece em seguida, com 29%. Perto da peemedebista estão Erundina e Russomanno, com 27%. Depois, aparecem Major Olimpio (22%), Bico (21%), Altino (PSTU), Doria (19%), Áreas (19%) e Young (17%). Rejeitam todos e/ou não votariam em nenhum candidato 3% dos eleitores consultados. Votaria em qualquer um e/ou não rejeita nenhum 1%.

Segundo turno
O Datafolha também fez a simulação de segundo turno. Se Russomanno disputasse com Doria, teria 44% dos votos, contra 38% do tucano. Num cenário entre Russomanno e Haddad, o candidato do PRB ficaria com 53% e o prefeito, com 26%. Com Erundina, Russomanno alcançaria 53% contra 27% da candidata do PSOL. Contra Marta, o candidato do PRB ficaria com 41% e a senadora, com 40%.

Se o confronto fosse entre Doria e Haddad, o tucano teria 50% e o prefeito, 30%. Entre Marta e Doria, o placar seria de 42% a 41%, respectivamente. Já num cenário entre Marta e Haddad, a senadora obteria 49% e o prefeito, 25%. Entre Doria e Erundina, o candidato tucano alcançaria 50% e a deputada do PSOL, 20%.

Num possível confronto entre Marta e Erundina, a peemedebista teria 52% contra 22% da candidata do PSOL. Se Erundina disputasse com Haddad, teria 34% contra 32% do prefeito.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook