Últimas

Emerson desabafa sobre período sem jogos, perda de peso e amor pelo Fla

Atacante estava sem jogar desde junho e precisou se dedicar muito para ter chance com o técnico Zé Ricardo

Após fazer o gol decisivo na vitória contra o Palestino-CHI, pela Copa Sul-Americana, o atacante Emerson Sheik fez um grande desabafo. Feliz por finalmente voltar ao time, ele comentou sobre o período que ficou sem jogar, lembrou de como se dedicou para emagrecer sete quilos e disse que só continuou por amor ao Flamengo.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Palestino 0 x 1 Fla | Só Chapecoense se salva | Cariocas são eliminados na Copa do Brasil


Depois de ficar praticamente três meses sem receber chances no Flamengo, Emerson disse que entendeu a decisão do técnico Zé Ricardo, mas nunca deixou de acreditar que iria voltar a jogar: “eu continuei a vir quietinho, trabalhando com apoio da familia e das pessoas que, assim como eu, continuaram acreditando. Eu não fiz nada, foi só um gol, mas além da vitoria, tem um valor especial para mim”, afirmou, em entrevista à Fox.

Emerson comentou que precisou perder peso para voltar ao time: “confesso que antes desses três meses eu estava acima do peso, mas perdi sete quilos e me dediquei absurdamente para viver um momento especial como esse”, afirmou, para depois completar com algumas lembranças: “foi difícil pra caramba ver todo mundo viajando e eu ficando no Ninho com a molecada, treinando sozinho. Logo um cara que tem um histórico como eu no futebol. Mas o Zé (Ricardo, técnico do Flamengo) é um cara que no fundo acreditava em mim e esperei algo dele. Hoje ele foi um querido comigo me dando confiança”.


Emerson aproveitou falha adversária para marcar (Foto: CLAUDIO REYES/AFP/Getty Images)

Questionado sobre o porquê de continuar insistindo no futebol, mesmo com 38 anos e passando por essas dificuldades, Sheik declarou seu amor pelo Flamengo: “todos sabem do meu amor pelo clube. Minha carreira foi vitoriosa e todos devem imaginar minha situação financeira. Já tenho meu ‘pé de meia’. Dá para viver. Mas estou aqui porque amo o que faço e tenho um amor enorme por esse clube, que é difícil até explicar”.

Por fim, Emerson respondeu se acha que vai receber mais chances de jogar a partir de agora: “não sei se vai mudar algo, porque o grupo é extremamente qualificado. Mas é importante porque eu estou aqui. Vou continuar trabalhando e esperando que Deus olhe por mim de novo”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook