Ex-budista construirá réplica da Arca de Noé para evangelizar

26/09/2016 – 11:00

Projeto milionário será museu bíblico a céu aberto



Ex-budista construirá réplica da Arca de Noé para evangelizar Ex-budista construirá réplica da Arca de Noé para evangelizar

Anos atrás um empresário chinês abandonou o budismo e se converteu ao cristianismo. Decidido a usar sua fortuna para espalhar a Palavra de Deus, construiu um parque temático bíblico na cidade de Shenyang, na região norte da China.

Buscando levar o testemunho cristão por todo o mundo, ele agora decidiu construir outro parque temático, que contará com uma réplica da Arca de Noé, medindo 136 metros de comprimento, 23m de largura e 13 de altura.

Wenqing Sun escolheu o Canadá para ser a sede do parque bíblico. Ele já adquiriu uma área na cidade de Moose Jaw, na província de Saskatchewan, que faz fronteira com os Estados Unidos. O custo estimado do projeto é US $ 1,2 milhão e deve estar pronto dentro de um ano.

Marc L’Hoir, que era dono do terreno explica que o empreendimento tem todos os indicativos que será um sucesso. Segundo ele, Sun afirma que não visa ganho financeiro, mas deseja cumprir um chamado pessoal para espalhar a mensagem do Evangelho em todo o mundo.

Para L’Hoir, pessoas de todo o mundo que visitam o Canadá podem incluir o parque no seu roteiro. Enquanto Mike Wirges, o administrador do local, ressalta que não será um parque temático no sentido convencional, pois não há brinquedos como montanha russa, trata-se de uma grande exibição, como um museu bíblico a céu aberto.

O local deverá também contar com uma réplica em tamanho natural do Tabernáculo de Moisés.

Outras arcas

Várias réplicas da Arca de Noé em tamanho natural foram construídas recentemente. Um desses projetos é do carpinteiro holandês Johan Huibers. Sua enorme estrutura tem a capacidade de abrigar 5.000 pessoas ao mesmo tempo.

Ela é capaz de atravessar oceanos e estava programada para vir ao Rio de Janeiro durante as Olimpíadas, mas seu criador disse que não foi possível por causa da instabilidade política do país e a ameaça do vírus zika.

Já o projeto “Arca do Encontro”, do Museu da Criação abriu as portas para o público em 7 de julho, no Kentucky, Estados Unidos.

Durante a inauguração, o presidente do ministério Respostas em Gênesis, Ken Ham, afirmou que a construção da Arca é a sua maneira de transmitir a mensagem “em um mundo que está se tornando cada vez mais secularizado e tendencioso, é hora para os cristãos de fazer algo grande”. Para ele, a Arca serve como um lembrete para “as próximas gerações da verdade da Palavra de Deus.”


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook