Últimas

Falcão, o "homem YouTube", começa a se aposentar das quadras

Craque do futsal encantou o mundo com jogadas bonitas e agora vai disputar sua última grande competição pela Seleção Brasileira

O craque do futsal, Falcão, já tinha ganhado 35 títulos quando voltou a ser invisível. Era 2011, o Santos tinha acabado de ganhar a Copa Libertadores e, em dezembro, ia enfrentar o Barcelona de Pep Guardiola no Mundial de Clubes. Então o clube tomou uma decisão complexa: competir com o mercado internacional para dar um alto salário ao craque do time, Neymar. Então foi tomada um decisão complexa: acabar com o time de futsal e liberar muitos jogadores, inclusive Falcão, que ficou sem clube.

A maior figura da história do futsal surgiu em Orlândia, uma pequena cidade do gigantesco estado de São Paulo. Em 2011, ganhou a liga brasileira com o Santos e depois a Copa América com a Seleção Brasileira. Falcão ficou globalizado a partir de então, ainda mais com o Youtube, que conta com edições de gols e dribles do jogaodr. O Brasil soube ampliar os jogos com a bola e o pé. Além do futsal, também jogou o futevôlei com sucesso – inclusive Romário nas areias.

Com Falcão, houve ainda uma tentação de contar com um grande talento das quadras no futebol de campo. Em 2005, o São Paulo o contratou para o jogo de 11 contra 11. No ano o clube conquistou o Campeonato Paulista, a Copa Libertadores e o Mundial. Mas Falcão participou pouco de tudo isso e deixou de lado esse esporte.


Falcão fica mais à vontade com bola de futsal (Foto: Getty Images)

Aos 39 anos, agora ele está na Colômbia para jogar seu último Mundial. Já ganhou duas Copas do Mundo e cinco Copas América. É o máximo goleador de tudo. Mas mesmo assim esteve perto de não competir esse último grande campeonato, pois ameaçou não jogá-lo em protesto contra a CBF, por causa dos recentes escândalos de corrupção na entidade brasileira e na Fifa como um todo.

De qualquer forma, aconteça o que acontecer na Colômbia, Falcão ficará na história como um dos grandes esportistas dos últimos tempos. Vai se aposentar como o maior goleador dos jogadores com pé, com mais 350 gols pela seleção, algo que dificilmente algum jogador de futebol de campo ou praia pode alcançar.

A vida e a carreira de Falcão estarão eternizadas, especialmente se você ver seus vídeos no Youtube, o local em que ele conquistou o mundo. No Grupo D, diante de Austrália, Moçambique e Ucrânia, ele dará seus últimos shows pela seleção brasileira.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook