Últimas

"Faltou um contra-ataque" e "gosto amargo" – Repercussão do clássico mineiro

Técnico Atlético-MG e jogadores de ambas as equipes falaram sobre o empate em 2 a 2

Os jogadores do Atlético-MG e do Cruzieor lamentaram o empate por 1 a 1, neste domingo (18), no Mineirão. O galo saiu na frente no primeiro tempo, mas cedeu a igualdade na etapa final, ficando a cinco pontos do líder Palmeiras e se afastando da briga pelo título. Para o técnico Marcelo Oliveira, “faltou um contra-ataque”.

MARCELO OLIVEIRA, TÉCNICO DO ATLÉTICO-MG


(Foto: Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro)

“Fica um sentimento de lamentação, tristeza no fim de jogo, foi isso que conversei com jogadores agora no vestiário. Mas a gente tem que ver o lado positivo, apesar da circunstância, tem que pensar que fez um jogo forte, aspecto tático, mais articulado, tentamos marcar o time do Cruzeiro, que é bem treinado, é rápido”.

“Fizemos um bom primeiro tempo. Mas desorganizamos um pouco no fim do primeiro tempo. No segundo tempo, teve alternância de bons momentos do Cruzeiro, que se lançou para frente. Tivemos dois contra-ataques ou três, outra jogada do Fred também com o Robinho. Mas assim são os clássicos, são jogos absolutamente equilibrados, embora a gente possa lamentar de se distanciar um pouco do líder, mas vai acontecer muita coisa. Temos que concentrar energias para o jogo com o Internacional”.

“A gente lamenta, como disse aqui, que esse existia sentimento de tristeza no vestiário, porque, na maior parte do jogo, tivemos chance, apesar que o Cruzeiro teve também. O Ábila apareceu sozinho em um lance. Mas tivemos uma chance com o Urso também. São 12 rodadas, 36 pontos, diferença de cinco pontos. Tudo é possível. Embora os outros times (Palmeiras e Flamengo) estejam sendo regulares e fazendo boas partidas”


(Foto: Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro)

FÁBIO SANTOS: “Foi boa a jogada, tenho trabalhado isso bastante, a semana foi muito carregada, a equipe acabou sentindo um pouco, porque foram três jogos durante a semana. Fiquei feliz pelo passe, mas uma pena a gente ter deixado empatar o jogo. Fica com um gosto de derrota, porque a gente estava na frente, a gente queria vencer para ficar perto dos líderes. Mas foi uma boa partida disputada, agora temos que seguir em frente”.

LEONARDO SILVA: “Empate meio com gosto amargo, jogamos bem, saímos na frente, tomamos um gol até em uma jogada recorrente do Robinho, que ele vem de trás e deixamos de marcar. Mas estamos no jogo (campeonato)”.

(Foto: Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro)

LÉO: “Matematicamente não é bom para ninguém. Jogo truncado, com as duas equipes gladiaram bem no meio. Foi um bom jogo, um bom clássico. Temos que mirar o próximo jogo para poder vencer”.

ÉLBER: “Foi uma arrancada, cheguei sem pensar, porque estou sem muito tempo sem jogar. Tive um começo de temporada muito bom, mas a contusão atrapalhou um pouco. Você fica um pouco a trás, estou sem ritmo de jogo, mas a cada jogo que o Mano me colocar, vou querer aproveitar”. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook