Últimas

Geraldo Julio (PSB) venceria no segundo turno, diz pesquisa

A pesquisa Datamétrica simulou também três cenários com a perspectiva de um segundo turno na eleição do Recife. No primeiro, mostra a disputa entre Geraldo Julio (PSB) e João Paulo (PT). O resultado apontou o atual prefeito do Recife com 47% das intenções de voto contra 35% do candidato petista. O percentual de brancos e nulos chega a 14%, enquanto o de indecisos a 4%.

Confira abaixo, em PDF, a pesquisa Datamétrica completa:
Parte I
Parte II

O segundo cenário foi colocado para o entrevistados com uma eventual disputa entre Geraldo Julio e Daniel Coelho (PSDB). Mais uma vez, o socialista aparece na dianteira com 52% das intenções de voto. Já o tucano tem 26%. O índice de branco e nulo é de 17% e de indecisos 4%.

Geraldo Julio abre 10 pontos sobre João Paulo na disputa pela prefeitura do Recife

Em um terceiro cenário, a disputa fica entre João Paulo e Daniel Coelho. Nesse caso, a preferência do eleitorado é pelo ex-prefeito do Recife, que obteve 45% das intenções de voto. Daniel Coelho ficou com 32%. O número de branco e nulo é de 17% e de indecisos 5%.

A avaliação feita pela Datamétrica Consultoria é de que “a simulação feita de segundo turno pela pesquisa mostra também que, num cenário eventual de segundo turno entre Geraldo Julio e João Paulo, candidato que aparece em segundo lugar, o socialista venceria com 47% do total do votos, ou 57% dos votos válidos. Esse resultado reforça o entendimento majoritário dos eleitores do Recife, no momento capturado pela pesquisa, de que o atual prefeito tem maiores chances de sair vitorioso no pleito”.

O levantamento mostrou, ainda, que o maior percentual de votos (53%) de Geraldo, quando o cenário de segundo turno é simulado com João Paulo, concentra-se na Região Político-Adminsitrativa (RPA-3), formada por bairros da Zona Norte. Já o candidato petista aparece com maior percentual (53%) na RPA-1, onde estão localizados bairros da área central do Recife.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook