Últimas
banco

Greve dos bancários deixa 90% das agências fechadas em Alagoas

Clientes poderão realizar operações apenas pelos canais alternativos de atendimento, como caixas eletrônicos, internet e telefone

 

Cerca de 90% das agências bancárias de Alagoas devem ficar fechadas a partir desta terça-feira (6), de acordo com o Sindicato dos Bancários. Após assembleia realizada na semana passada, os bancários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Ao todo, 215 agências de bancos públicos e privados paralisam suas atividades.

Os clientes poderão realizar operações como saques, transferências, pagamentos de contas (desde que não vencidas) e outras opções por canais alternativos de atendimento, como caixas eletrônicos, internet banking, aplicativos no celular (mobile banking) e telefone. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Alagoas, Jairo França, as lotéricas funcionam normalmente e a reposição de dinheiro dos caixas eletrônicos depende dos próprios bancos. "É algo que só poderemos saber no processo da paralisação. Os funcionários – gerentes e técnicos – podem fazer a reposição, mas vamos avaliar", explicou. 

Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho. A categoria rejeitou a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) de reajuste de 6,5%  sobre os salários, a PLR e os auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil. 

"Não conseguimos conscientizar os banqueiros. Entregamos a minuta com as demandas da categoria no dia 09 de agosto. Já deu tempo suficiente para eles analisarem as apostas. Mas todo ano, eles oferecem um valor muito abaixo. Mesmo sendo o setor que mais tem lucrado no Brasil", afirmou Jairo França. 

 

Por Livia Leão

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook