Gustavo Scarpa e Cícero lideram a artilharia do Fluminense

Sem referência no ataque desde a saída de Fred, meias assumem dividem a responsabilidade de marcar ao lado dos atacantes

Após a saída de Fred para o Atlético-MG em junho, o Fluminense teve muita dificuldade para encontrar uma ‘referência’ no setor ofensivo. Com a ausência de seu principal goleador, a equipe vê em dois meias, Gustavo Scarpa em Cícero, os principais nomes da artilharia.

Enquanto Scarpa soma nove gols no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, Cícero vem logo atrás na vice-artilharia com oito.

Com os atacantes, o equilíbrio é ainda maior: Marco Jr. soma seis, Magno Alves cinco, Henrique Dourado e Marquinho dois, seguidos por Wellington e Richarlison, um.

Assim, nota-se que há uma grande igualdade na hora da finalização. Um fato completamente oposto quando Fred ainda vestia a camisa do tricolor. Principal nome do ataque, ele era o maior goleador da equipe.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Aprovado: Júlio César convence no gol do FluEstádio do Flu é vantajoso? | É melhor Ronaldinho ser ‘showman’? 


No entanto, após Levir Culpi perceber que não poderia substituir o camisa 9, mudou o estilo de jogo e encontrou uma solução para o time voltar a balançar as redes.

Outro dado interessante dos problemas ofensivos do Fluminense é quanto à média de gols. Antes de Fred deixar o time, a média era de 1,6 gol por partida (50 gols em 30 jogos na temporada). Agora, a média está em 1,29 gol por jogo (31 gols em 24 jogos).


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook