Últimas

Ibrahimovic, Eto'o, Fàbregas… Por que todos criticam Pep Guardiola?

O espanhol não agradou a todos os craques que foram comandados por ele

Considerado por muitos como um dos melhores treinadores do mundo, Pep Guardiola não deixou uma lembrança agradável para todos os jogadores comandados por ele. Na verdade, apesar dos muitos sucessos alcançados por ele, vários jogadores criticaram seus métodos. O Marca relembrou os principais.


GOAL VEJA TAMBÉM: GOAL
As 25 equipes que mais gastaram | Time de Tite está definido | Guardiola e Mourinho fazendo história?


Recém-transferido para Nice, Dante foi o último a falar do treinador, em entrevista ao jornal Bild: “Ele não fala com você. Enão, o jogador não sabe em que situação está. Há treinadores, que do ponto de vista tático, são de classe mundial, mas humanamente não são tão bons. Esse é o caso de Guardiola”. O brasileiro voltou atrás, dias depois, desmentindo as citações, mas outros craques não.

(Foto: Getty Images)

Cesc Fàbregas “não entendeu” o sistema de jogo

Ao voltar para Barcelona em 2011, Cesc Fàbregas teve problemas com Pep Guardiola. Depois de fazer um bom início da temporada (ele foi o artilheiro da equipe até janeiro, ao lado de Messi). Seu relacionamento com o treinador mudou quando este pediu mais rigor tático ao meio-campista.

“Com Guardiola, não entendia bem o sistema. Eu preciso de minha mobilidade, participar mais do jogo”, confirmou ele.

(Foto: Getty Images)

Ibrahimovic e seu “problema com o filósofo do Barça”

Zlatan Ibrahimovic chegou em 2009 ao Barça. Foi certamente um dos jogadores mais criticados no Camp Nou. O sueco, que já havia marcado 22 gols e dado 13 assistências não entendeu a decisão de Pep de tirá-lo do time. Em sua biografia, Ibra contou epísódio após jogo contra o Villarreal (onde Zlatan começou no banco).

“Eu gritei: Você não tem os ovos e provavelmente coisas piores. Eu não tinha problemas com ninguém. Ninguém pode dizer que fiz algo errado. Nos primeiros meses, tudo foi excepcional, foi tudo muito bom e então algo aconteceu. Eu ainda não sei o que aconteceu. Eu ainda estou esperando a resposta. Alguns meses depois, o filósofo não falava mais comigo “, revelou o jogador.

(Foto: Getty Images)

Samuel Eto’o não aceitou as “lições”

Samuel Eto’o manteve boas relações com o treinador catalão, apesar de tudo. Depois de começar no banco durante a pré-temporada, o camaronês fez uma das melhores temporadas de sua carreira (30 gols em 36 jogos da La Liga).

“Ele não teve coragem de me dizer porque sai do time. Eu sou Samuel Eto’o. Eu que fiz você ganhar, eu fiz um monte pelo clube”, disse o atacante alguns anos depois.

“Pep queria me dar lições sobre como atacar, quando ele era um meio-campista. Eu disse? ‘Você não é normal’. O fato é que Pep não respeitou essas coisas no mundo do futebol “, concluiu o camaronês.

(Foto: Getty Images)

Ribéry não tinha “confiança” em Pep

Depois de passar três temporadas com Pep Guardiola, Franck Ribéry disse que estava melhor com a chegada de Carlo Ancelotti. O francês disse que o treinador italiano sabia “como tratar os jogadores.” Um óbvio recado para o ex-comandante.

“Ancelotti é um presente para o Bayern e ele nos deixa confiantes. Ele sabe como tratar os jogadores. Sim, eu preciso de pessoas como ele, Heynckes ou Hitzfeld”, relembrou ele, esquecendo Guardiola.

(Foto: Getty Images)

Thomas Müller afirma que Guardiola “vive em seu próprio mundo”

Apesar de ter vencido três Bundesliga e duas Copas da Alemanha em três anos, além de uma Supercopa Europeia e um Mundial de Clubes com o treinador catalão, Thomas Müller não parece convencido pelo “método Guardiola”. De acordo com o atacante alemão, Pep não é tão próximo com seus jogadores como Ancelotti.

“Guardiola viveu um pouco em seu mundo. ‘Como posso mover meus jogadores dois ou três metros durante o jogo para encontrar uma solução perfeita?’. Carlo Ancelotti, tem uma relação mais próxima com a equipe”, acrescentou o atacante ao Bild.

(Foto: Getty Images)

Para Hleb, Pep não é um dos “melhores treinadores”

Hleb chegou ao Barça em 2008, ao mesmo tempo que Guardiola. No entanto, a relação entre as duas contratações não foi boa. O bielorrusso não entrou nos planos do treinador catalão e teve que ir por empréstimo para Stuttgart no final da temporada.

“Eu não acho que Guardiola é um dos melhores do mundo. Ele treinou a melhor equipe com os melhores jogadores. Os melhores treinadores do mundo são Mourinho, Ferguson e Wenger. Com Wenger, aprendi mais do que com Guardiola”, contou o jogador à rádio La Xarxa.

(Foto: Getty Images)

Yaya Touré “deixou o clube” por causa de Guardiola

Depois de três temporadas no Barcelona, ​​Yaya Touré foi para o Manchester City. Pouco depois de chegar na Inglaterra, revelou as verdadeiras razões para deixar o clube.

“Em um ano eu não falei com ele. Se Guardiola tivesse falado comigo, eu teria ficado no clube. Eu não queria ir embora. O treinador me ignorou até que eu tive a oferta do City” confessou ele à ONA FM.

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook