Últimas

Inter tem quase o mesmo número de derrotas dos melhores do país… mas luta contra o rebaixamento. Por quê?

Considerando todas as competições da temporada, o Colorado está mais próximo dos melhores. O problema foi concentrar derrotas no Brasileirão

A péssima campanha que o Internacional vem fazendo em 2016 impressiona torcedores e analistas. Nesta quinta-feira (22), o Colorado sofreu mais uma derrota. O 1 a 0 do Fortaleza, atualmente na terceira divisão, só não eliminou os gaúchos da Copa do Brasil por causa dos 3 a 0 na ida.



GOAL VEJA TAMBÉM: GOAL
A vida de R9 | Gremista pode pegar gancho  | Acabou o ano do Vasco?


O Inter está nas quartas de final da Copa do Brasil, mas vai disputar o título ao mesmo tempo em que luta para não ser rebaixado. E, a cada rodada no Brasileirão, o drama parece aumentar. O tempo corre, e o time que chegou a liderar o certame no seu início sente a pressão.

Mas o time do Inter não é bom? Conta com jogadores como Eduardo Sasha, Vitinho, Alex, Valdívia. Individualmente, é considerado um dos melhores do país. Então como essa equipe luta para fugir de um rebaixamento que seria inédito?

No Brasileirão, o Inter perdeu 13 partidas. Repare na queda brusca na tabela

O grande problema do Internacional foi juntar 86% de suas derrotas na Série A. Ao todo, o Colorado sofreu 15 derrotas considerando todos os torneios que disputou e ainda disputa em 2016 (Brasileirão, Copa do Brasil, Campeonato Gaúcho e Primeira Liga).

Comparando com os clubes que integram o G4 do Brasileirão, a diferença está longe de ser grande. O Palmeiras soma 13 derrotas em toda a temporada; Flamengo e Atlético-MG, 14; Santos, 10. Dentre os times que também estão na zona de rebaixamento, todos apresentam número considerável maior de revezes. Em 2016, o Figueirense perdeu 19 jogos; Santa Cruz, 22 e América-MG, 21.

Ou seja, considerando todo o ano, o Internacional está mais próximo dos melhores times do país quando comparamos os números de derrotas sofridas. O problema é ter esperado tanto tempo para perder tantos compromissos de uma só vez.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook