Últimas

Jesuíta Barbosa revela parte mais difícil de seu trabalho na minissérie “Justiça”

Jesuíta Barbosa e Fátima Bernardes nos bastidores do Encontro - Foto: TV Globo/ Vinícius Cunha/ Gshow

Jesuíta Barbosa e Fátima Bernardes nos bastidores do Encontro – Foto: TV Globo/ Vinícius Cunha/ Gshow

Um dos destaques da minissérie Justiça e grande promessa do cinema nacional, Jesuíta Barbosa revelou que contrariou a vontade do pai ao se tornar ator.

Nos bastidores do programa Encontro com Fátima Bernardes desta segunda-feira (12/9), o artista explicou que a vontade de seu pai, que é delegado de polícia, era de que ele fosse advogado ou médico.

Mesmo não tendo seguido por um caminho diferente, ele contou que percebe o orgulho do pai após alguns de seus trabalhos na TV e cinema, mesmo sendo algo não declarado: “Ele nunca me disse, mas também não precisa. Sempre nos falamos e ele me pede para eu tomar cuidado e nunca esquecer da minha origem, de onde eu vim”, revelou.

Jesuita Barbosa - Foto: TV Globo/ João Miguel Júnior

Jesuita Barbosa – Foto: TV Globo/ João Miguel Júnior

Pernambucano, Jesuíta disse que está se acostumando com a vida no Rio de Janeiro:

“Demorei um pouco para me acostumar com o carioca. A forma de falar, gesticular, é bem diferente da minha. Foi um estranhamento, mas perdi isso. A cidade me encanta e gosto daqui”, contou.

Sobre a mensagem que seu personagem passa na série, o artista foi coeso ao falar sobre o machismo: “Infelizmente, convivemos com a violência doméstica e o preconceito”, disse.

Em outro trecho, o ator revelou que não é capaz de mensurar a dor de um pai que perde um filho: “Não sei o que é o amor incondicional. Dizem que ser pai é uma sensação diferente de qualquer outra coisa”, explicou.

E continuou, apontando a parte mais difícil do trabalho na minissérie: “Pra mim, o mais difícil na minissérie foi tentar humanizar alguém que tira a vida de outra pessoa”, completou.


Fonte: Cenapop.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook