Últimas

João Paulo evita bater em Priscila Krause e em Daniel Coelho

[FOTO1]

 

Candidato a prefeito pelo PT no Recife, João Paulo evitou, nesta sexta-feira, a dois dias  das eleições, fazer qualquer tipo de provocação a dois de seus adversários, Priscila Krause (DEM) e Daniel Coelho (PSDB), visando a migração de seus eleitores num eventual segundo turno. As declarações do ex-prefeito mostram que ele não quer cometer o mesmo erro de Mendonça Filho em 2006. Naquele ano, Mendonça se candidatou ao governo do estado, mas atacou tanto Humberto Costa (PT), no primeiro turno, que causou uma rejeição muito grande nos eleitores petistas, que migraram em bloco para o então candidato Eduardo Campos (PSB).

Ao participar de uma carreata no Ibura, um dos bairros que considera reduto eleitoral, João Paulo negou ter fugido do debate com Geraldo Julio, na noite da última quinta-feira, na Rede Globo. Na ocasião, ele fez a maioria das perguntas a Priscila Krause.

Segundo o ex-prefeito, ficaram tão visíveis as contradições de Geraldo Julio que ele se dissolveu por si só. “Geraldo se dissolveu por ele mesmo, pelas próprias contradições, pela insegurança e fragilidade do governo dele. Não precisou nem questionar muito, ele por si só foi se desobstruindo”, declarou, para depois acrescentar. “Quem estava mais equilibrada era Priscila. Então, eu procurei canalizar as perguntas e, hoje, quando circulei pelas ruas, tive 100% de aproveitamento do debate”, afirmou.

João Paulo afirmou que Daniel Coelho estava “muito raivoso” no debate, mas não repetiu as críticas feitas por Geraldo Julio ao tucano na última quinta-feira à noite. Geraldo disse que Daniel mente ao fazer a defesa do Uber, no período eleitoral, mas tem um projeto de lei, o de número  5446/2016 para tornar mais rigorosa a fiscalização do transporte remunerado não licenciado. A proposta de Daniel tramita na Câmara dos Deputados e também fala sobre o transporte escolar. 

Questionado, contudo, se concordava com Geraldo, João Paulo respondeu: “acho que tem uma questão de interpretação. Quem chamou ele de mentiroso foi Geraldo. O prefeito se equivocou em relação a esse processo (do U ber), porque, em outras cidades pode conviver e aqui não pode. Temos que caminhar numa linha de dar uma condição nova ao taxista, porque não vai ser só o Uber (que vai por em risco esse mercado de trabalho). Tem outros aplicativos que, se o taxista não se renovar, não se adequar, vai ser muito ruim”.

O ex-prefeito disse ter uma boa perspectiva com o resultado do primeiro turno. Somente  nesta sexta, além do Ibura, ele esteve em Água Fria, Afogados. “A perspectiva é excelente, nós cumprimos todas as metas, estamos com 100% de aproveitamento. A nossa perspectiva é de um cenário de segundo turno. A não ser que haja uma surpresa muito grande, acho que a estratégia foi perfeita”.

Bastidores – Na avalição de pessoas próximas a João Paulo, a estratégia de debater com Priscila foi uma forma de tirar Geraldo e Daniel Coelho do foco debate. Apesar de serem de partidos diferentes, João Paulo quis mostrar respeito à candidata do DEM, única mulher que está na disputa. Priscila e João Paulo sempre divergiram politicamente, sempre estiveram em lados opostos, mas travam uma relação pessoal harmônica. 


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook