Últimas

Jovem é preso na Rússia por caçar Pokémons dentro de igreja

6/09/2016 – 17:00

Acusado de ataque contra a liberdade religiosa, poderá pegar até 5 anos de prisão



Jovem é preso na Rússia por caçar Pokémons dentro de igreja Jovem é preso na Rússia por caçar Pokémons dentro de igreja

Um jovem russo está preso desde sábado (3/9) e responderá diante de um tribunal por incitação ao ódio e de ataque contra a liberdade religiosa. Rouslan Sokolovksi, de 20 anos, mora na cidade de Ekaterimburgo, nos Urais.

Se condenado, pode pegar uma pena de cinco anos de prisão. Seu crime foi ter entrado em uma igreja ortodoxa para caçar Pokémons e gravado tudo em vídeo que foi divulgado na internet.

Publicado em agosto no canal que ele tem no Youtube, já tem mais de 800 mil visualizações.

Sokolovksi inicia criticando um programa de televisão que reportou ser “juridicamente arriscado” jogar Pokémon Go nas igrejas. Questionando a informação, ele foi para a frente de um templo ortodoxo e questionou: “Quem ficará ofendido por que alguém anda dentro de uma igreja com um smartphone?”. Em seguida, o jovem começa a jogar durante a realização de um culto.

Enquanto caça as criaturinhas virtuais, ele faz ironias sobre a existência de Jesus e, como música de fundo, pode ser ouvida uma falsa oração recheada de blasfêmias. O material foi gravado em uma das principais igrejas de Ekaterimburgo, construída sobre o lugar onde o último czar da Rússia, Nicolás II, foi assassinado junto com a sua família.

Após ser denunciado, policiais foram até sua casa e o detiveram. Nas buscas realizadas no local, explicaram que “alguns” vídeos da sua conta de Youtube apresentam “sinais de incitação ao ódio”. Um deles teria “sinais de ataque contra a liberdade de consciência ou de crença”, no caso, representado pela Igreja ortodoxa, que mantém laços estreitos com o governo.

O tribunal decretou a detenção dele por dois meses. O advogado de defesa do jovem, Stanislav Iltchenko, explica que irá recorrer da detenção do seu cliente. Para ele, a igreja ortodoxa busca apenas fazer uma “pressão psicológica” para “dar o exemplo”.

Oficialmente, Pokémon Go não está disponível na Google Play russa, mas muitos fãs conseguiram baixar por outros meios. Alguns funcionários do governo exigiram que o jogo fosse severamente monitorado e restrito. Para Franz Klintsevich, membro do parlamento da Rússia: “Há um sentimento de que o diabo chegou por meio desse game e está simplesmente tentando nos destruir espiritualmente, por dentro”.

O país vive uma onda de restrição religiosa, tendo proibido qualquer pregação religiosa fora dos templos. Pastores e missionários já foram presos por desobedecer. Com informações de DN


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook