Últimas

Lahm: Atlético, o primeiro grande teste

Em sua coluna na Goal, campeão do mundo projeta reencontro com os Colchoneros, algozes do Bayern na temporada passada da Champions League


GOAL EXCLUSIVO


Depois de cinco jogos na Bundesliga e das estreias na Champions League e na Copa da Alemanha, os resultados até o momento na temporada foram perfeitos. Cinco triunfos nas primeiras cinco rodadas da liga é inclusive um novo recorde.

Mas, se você olhar a fundo, estas vitórias foram todas uma obrigação para nós, levando-se em conta que somos tetracampeõea da Bundesliga e estamos sonhando alto de novo nesta temporada.

Essa análise sóbria é importante. O jogo de hoje (28) contra o Atlético vai nos mostrar em que nível estamos quando comparado aos nossos grandes concorrentes de outros países. Depois disso, teremos jogos na Bundesliga contra times que não têm tanta qualidade como Monchengladbach, Dortmund, Leverkusen ou Wolfsburg, mas que conseguiram um bom início de torneio. Cologne, Frankfurt e Leipzig certamente estarão muito motivados contra o Bayern e farão o seu melhor. Isso antes de mencionar que teremos dois dérbis contra o Augsburg, primeiro pela Copa da Alemanha e apenas três dias depois pela Bundesliga.

(Foto: Getty Images)

Uma tarefa que temos de levar muito a sério é manter o nível de jogo e manter o foco durante todos estes jogos, mesmo atuando a cada três dias.

O outono é sempre igual. Sempre temos que construir uma base para ter sucesso em março e abril, quando realmente importa. Não falo sobre conquistar todos os pontos e estar sempre em primeiro, mas sim sobre mostrar nossas qualidades e entrosamento para ter a confiança de que o Bayern pode ganhar os três títulos, além de mostrar aos rivais – nacionais e internacionais -, que somos candidatos a todos os troféus. Essa é nossa missão na primeira parte da temporada.

Se você analisar as duas partidas pela semifinal da Champions League diante do Atlético na temporada passada, você subjetivamente concluirá que o Bayern dominou. Nós éramos o time mais forte e dominamos os dois jogos. Mas quando o jogo é uma semifinal, ou mesmo quartas, não é só o domínio ou a demonstração de qualidade que valem, mas sim o resultado em cada partida. Os jogos que ocorrem em março ou abril são o momento de você converter os pontos que você conquistou até então em sucesso e em troféus. O Atlético fez o que precisava para vencer, e por isso tivemos que parabenizá-los no fim.

Foi um duelo de conceitos naquela vez. Foi futebol ofensivo, de controle e posse de bola no campo do oponente, contra um estilo defensivo e compacto no mais alto nível, que confiava nos contra-ataques.

Foi com este conceito que o Atlético chegou à final duas vezes nos últimos anos. Uma performance que definitivamente merece créditos. Mas eles perderam a final duas vezes e consequentemente não conquistaram o título, que é o que os grandes times perseguem. Por isso será interessante ver se eles manterão o nível e o foco necessários para jogar neste estilo, apesar das derrotas nestas oportunidades.

Nós mudamos um pouco o nosso conceito, e o jogo de hoje será a primeira chance na atual temporada da Champions League para testarmos o que mostramos nas atuações recentes. Veremos se estamos prontos para as nossas tarefas seguintes de outono, também na Bundesliga e na Copa da Alemanha.


GOAL Confira o Fabook de Philipp Lahm | E também o do Bayern de Munique



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook