Últimas

Lateral do PSG, Aurier é condenado a dois meses de prisão

O jogador, no entanto, garante que testemunhas viram ele ser agredido pelas autoridades

Lateral do Paris Saint-Germain, Serge Aurier recebeu uma pena de dois meses de prisão por ter, alegadamente, agredido um policial. O marfinense, de 23 anos, foi parado pelas autoridades há dois meses e se recusou a fazer o teste do bafômetro.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Mistério: Messi nasceu em 1699? | Neymar vira protagonista no Barça | Pode ficar tranquilo, Lionel!


Acusado de ter dado uma cotovelada no peito do policial, Aurier disse que foi “brutalizado” pela Polícia e deve recorrer da decisão judicial.

Aurier também foi condenado a pagar €300 por agressão, €300 por danos morais e €1500 de custos legais (Foto: Getty Images)

“Foi violento”, disse para uma TV francesa em junho. “Os policiais saíram do carro, me insultaram, brutalizaram, o meu lábio foi esmagado”, relatou. “O que é ainda pior é que o policial disse que eu dei uma cotovelada no tórax dele. Se eu quisesse tocar nele, teria dado um soco na cara. Ele fez isso, me deu vários socos na cara”.

“Eu não tenho nada a esconder neste caso, tem pelo menos cinco ou seis testemunhas que dizem a exatamente a mesma coisa que eu”, explicou.

O caso de Aurier é visto como “reversível”. Ou seja, o atleta pode cumprir a punição através de serviços sociais. O jogador deve entrar em campo pelo PSG contra o Ludogorets, quarta-feira (28), pela Champions League. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook