Últimas

Léo Fontes: É hoje o grande desafio para o Brasil e para Tite

“O jogo seguinte é sempre o maior desafio dos técnicos brasileiros. Por isso estamos atrasados. A Colômbia tem um ótimo time e pode vencer”

Pois é, o futebol é assim, cruel. O maior desafio era o primeiro jogo, fora de casa, jogava contra o Equador que vinha bem nas Eliminatórias. Tinha a altitude, primeira vez de Tite, de alguns jogadores e vários outros componentes que dificultariam a atuação da Seleção Brasileira. 

Veio a vitória. Êxito. Tite e jogadores chegaram ao céu. Que não se enganem, uma derrota hoje contra a Colômbia levará todos de volta ao inferno. Está errado, mas é cultural, demora a mudar. O jogo contra o Equador? Ninguém mais vai lembrar se ao final do jogo o Brasil não alcançar o resultado sempre esperado para a Seleção , a vitória. Por isso o jogo seguinte é sempre o maior desafio dos técnicos brasileiros. Por isso certamente nosso atraso em relação a outros países no mundo. Aqui ainda vale o velho ditado, tem que matar um leão por dia, ou por jogo.

(Foto: Getty Images)

Vale ressaltar aos ufanistas que a Colômbia começou mal a Eliminatória, mas já reagiu, primeiro até que a Seleção Brasileira. Os últimos resultados foram ótimos e o melhor, as atuações são convincentes. James Rodríguez assumiu o protagonismo e isso parece que deixou à vontade outros talentos que também cresceram. Alguns jovens, como Cardona e Marlos Moreno – importantes na vitória em La Paz – e até outros mais experientes que não vinham bem, caso de Macnellly Torres. A seleção está equilibrada defensivamente, tem jogadores experientes e jovens em boa dosagem, um trabalho longevo do treinador – Pékerman está desde janeiro de 2012 – e se o Brasil tem talentos individuais que podem decidir um jogo, a Colômbia também tem. 

Uma derrota hoje seria muito ruim para a Seleção Brasileira, mas não seria anormal, mesmo dentro de casa.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook