Últimas

Liberté Cup, um torneio para mudar a imagem dos refugiados

Em Grande-Synthe, na França, no próximo sábado (10), um evento solidário tem por objetivo demonstrar que todos são iguais

Durante anos, a guerra tem sido um problema recorrente na Síria. Com ela, milhões de pessoas deixaram suas casas. Muitos escaparam do horror em busca de um futuro melhor. Então, a crise dos refugiados explodiu em toda a Europa, uma situação que aflige cidadãos de todo o continente.

O drama de guerra, mais uma vez destacou o tratamento injusto que os refugiados recebem da mídia e por meio do futebol, a Liberté Cup busca tentar mudar de uma vez por todas a imagem que é refletida em todo o mundo.


GOAL VEJA TAMBÉM: GOAL
Neymar: Amado e odiado na Colômbia | China in Goal: Ramires abre o jogo | As opções para substituir Messi


Joe e Ary são dois ingleses que se reuniram há mais de um ano atrás, com uma ideia em mente: Um evento de caridade para apoiar os refugiados e demonstrar que somos todos iguais. Com eles, se juntaram outros indivíduos, empresas e organizações parceiras que buscam o mesmo objetivo.

Eles pensam que o futebol é uma ferramenta capaz de unir pessoas em todo o planeta; uma linguagem universal. Assim nasceu o projeto Liberté Cup, um torneio de futebol, um sinal de solidariedade para os refugiados, a ser realizada em Grande-Synthe, uma cidade no norte da França.

“Esta não é uma campanha política, nem de caridade, nem solicitando que as fronteiras sejam abertas O objetivo é simples: Alterar a impressão de refugiados através da mídia, de que eles não precisam de piedade”, garante o projeto.

O torneio de Futebol 7 será disputado no dia 10 de setembro e movimentará torcedores de toda a Europa. “Juntos, eles buscam uma mensagem de solidariedade, tentando mudar a forma como os refugiados são vistos pela mídia. Os próprios refugiados vão participar no torneio formando equipes diferentes demonstrar que em campo, somos todos iguais”, acrescentou a organização.

Para mais informações sobre a ‘Liberté Cup’, confira no Facebook, no Instagram e no site oficial.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook