Líder do PT na Câmara diz ter certeza de que tríplex não é de Lula

Ex-presidente foi denunciado pelo MPF nesta quarta-feira. Foto: Biblioteca del Congreso Nacional de Chile/Wikimedia/Reprodu
Ex-presidente foi denunciado pelo MPF nesta quarta-feira. Foto: Biblioteca del Congreso Nacional de Chile/Wikimedia/Reproduo

O líder do PT na Câmara, Afonso Florence (BA), disse ter certeza de que o tríplex não é do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele insinuou que a denúncia do Ministério Público contra Lula é fruto de uma disputa política. Para Florence, “há seletividade nas ações do MP e o PT tem sido alvo de forma desproporcional”. O deputado ressaltou ainda que a defesa de Lula vai provar que o pedido dos procuradores é “infundado”.

Florence afirmou que encara a denúncia com “serenidade”. “Não tenho dúvida de que o tríplex não é dele e que vai se concluir que o pedido do MP não tem sustentação. Há três hipóteses: ou a denúncia foi feita de boa fé e o MP vai ter que provar, considerando que Polícia Federal já concluiu que o apartamento não é dele, ou é um erro dos procuradores, ou é perseguição política. Prefiro crer na primeira opção”, declarou.

Segundo Florence, o PT vem sofrendo perseguições de parte da força-tarefa da Operação Lava Jato sistematicamente. “Algumas ações pareceram perseguição política, como no caso da condução coercitiva solicitada pelo juiz federal Sergio Moro, que não tinha nenhuma necessidade (…) No plano da política, eu rechaço essa denúncia do MP, porque são muitas ações, então parece mesmo uma perseguição”.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook