Últimas

Lula é comparado a Jesus Cristo e exposto na cruz

26/09/2016 – 7:00

Militantes de Recife usaram versículos para defender ex-presidente



Lula é comparado a Jesus Cristo e exposto na cruz Lula é comparado a Jesus Cristo e exposto na cruz

Após ter se tornado novamente réu das investigações da Operação Lava Jato, o ex-presidente Lula resolveu fazer uma série de comícios no Nordeste, onde criticou as ações do Ministério Público. Em todos eles o tom foi o mesmo, além de questionar a idoneidade dos juízes e promotores envolvidos, afirmou ser vítima de perseguição política.

Em Recife, militantes que se esperavam para acompanhar o evento de Lula ao lado do candidato do PT à prefeitura João Paulo, fizeram um protesto na porta da Câmara Municipal da capital pernambucana. Empunhando faixas e cartazes, defendiam a imagem do ex-presidente.

Havia também uma cruz, onde sua imagem foi pregada. No auto, ele é chamado de “bem-aventurado”, no braço direito um cartaz dia “quem sofre perseguição” e no esquerdo “por causa da justiça”, numa citação de Mateus 5:10.

Batizado de movimento “Tenda da Fé”, eles defendem Lula e afirmam que todo cristão se assemelha a Jesus. Seus membros vestiam togas, como a dos magistrados, e seguravam cartazes com críticas ao STF, além de gritar a palavra de ordem: Fora, Temer!

Discurso em tom religioso

Ao subir em um trio elétrico para fazer seu discurso, Lula também usou um tom religioso: “Queria dizer para meus algozes: vocês têm um concurso, mas não foram escolhidos para serem deuses. Eu não tenho concurso, tenho compromisso com o povo deste país”, afirmou segundo o blog do jornalista Jamildo.

Além disso, questionou a honestidade de seus acusadores: “Duvido que dentro do Ministério Público, da Polícia Federal ou o juiz (federal Sérgio) Moro sejam mais honestos que eu. Eles podem ser iguais”, sublinhou.

Comparação recorrente

O coitadismo de Lula e seu uso de metáforas religiosas são conhecidos. Em 2010, durante a primeira campanha de Dilma Rousseff a presidência, começou a se comparar a Cristo comparou a si mesmo: “Meu corpo estaria mais arrebentado que o corpo de Jesus Cristo depois de tantas chibatadas”. Era uma menção às acusações que já envolviam seu nome durante o escândalo do mensalão.

Em 2014, durante um comício onde pedia votos para a reeleição de Dilma, Lula fez novamente esta comparação. Ao mesmo tempo que atacava os políticos do PSDB, se vitimizou: “Outro dia eu falei para eles: vocês são mais intolerantes que Herodes, que mandaram matar Jesus Cristo com medo de ele se tornar o que virou”.

Um ano depois, com Dilma já reeleita e os escândalos do petrolão sendo veiculados a todo momento,voltou a usar a analogia e alegar perseguição injusta.

Falando sobre os primeiros petistas presos, ex-presidente disse: “Eu lembro quando Herodes mandou marcar todas as crianças. E Maria e José tiveram que fugir com Jesus Cristo. Ele ficou 30 anos que a gente não sabe o que aconteceu na vida dele. Quando ele voltou, em três anos transformou a história da humanidade. E o que fizeram com ele? Crucificaram”.

Após as denúncias recentes do MP, usou de novo esse tipo de comparação.  “Acho que só ganha de mim aqui no Brasil, Jesus Cristo. Pense num cabra conhecido e marcado nesse país”, assegurou em um longo discurso em São Paulo duas semanas atrás.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook