Maicon tenta espantar clima de crise, mas Ricardo Gomes vê situação desagradável

Técnico só conseguiu elogiar a garra e o empenho do time, mas disse que o São Paulo precisa mais do que isso


GOAL Por Allan Brito 


O São Paulo caiu para o 13º lugar no Campeonato Brasileiro, está a dois pontos da zona de rebaixamento, não vence há quatro jogos e foi criticado pelo técnico Ricardo Gomes, nesta quarta-feira (7), após a derrota no clássico contra o Palmeiras. Porém, mesmo assim o zagueiro Maicon tenta espantar o clima de crise no clube.

“Não tem crise. Nossa equipe foi bem, jogamos contra o líder do campeonato. Infelizmente na bola parada eles foram felizes e fizeram dois gols, no momento em que estávamos bem armados. Nos complicaram”, simplificou o zagueiro.


Andrés Chávez fez o gol do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação)

Já o técnico Ricardo Gomes foi muito mais crítico: “o time teve garra, empenho, mas isso é pouco para o São Paulo. Tivemos dificuldade de executar nosso jogo, devido à pressão do Palmeiras. Sinceramente, a situação não é agradável, estamos a dois pontos”. O otimismo só apareceu no final da entrevista coletiva: “acho que vamos crescer e não vamos passar sufoco, apesar da má colocação”.

As declarações do meia Daniel também mostram um pouco da crise no São Paulo. Ele reclamou por não receber tantas chances no time – mesmo sem Cueva nesta quarta, Ricardo optou por colocar João Schmidt na armação do time. “Eu, sinceramente, não entendo. Estou todo dia buscando oportunidades, trabalhando, mas não sou eu que decido e escalo o time. O que tenho de dizer é que treino forte e busco minha oportunidade”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook