Últimas

Neymar é provocado, se irrita mas responde na bola e decide contra a Colômbia

Atacante espantou de vez o fantasma que o atormentava desde a Copa do Mundo de 2014; com a vitória o Brasil assumiu a vice-liderança das Eliminatórias

Os jogos entre Brasil e Colômbia ganharam um ingrediente especial após a Copa de 2014. Uma rivalidade que vem crescendo a cada dia, seja pelo jogo pegado dentro de campo ou pelo salto de qualidade do futebol colombiano nos últimos anos.

 

Depois de sofrer após ser obrigado a deixar a Copa do Mundo por conta de uma fratura no jogo contra a própria Colômbia, os duelos contra o time de José Pekerman se tornaram um tormento para Neymar. 

 


(Foto: Getty Images)

 

Faltas e mais faltas, descontrole e pouca efetividade do camisa 10 eram recorrentes a cada confronto contra os colombianos. Mas depois da bela atuação do craque nos Jogos Olímpicos do Rio, o passo definitivo para exorcizar o fantasma foi dado.

 

(Foto: Getty Images)

 

O caixão foi fechado na noita desta terça-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus. O Brasil derrotou a seleção adversária por 2 a 1 pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 com Neymar balançando as redes e marcando o gol decisivo.

 

Desde o início do jogo, Neymar foi perseguido em campo, até se irritar e levar o cartão amarelo ainda no primeiro tempo. Parecia um filme repetido. Mas o final foi diferente. Na segunda etapa, o camisa 10 voltou com vontade de responder na bola. 

 

(Foto: Getty Images)

 

Se no primeiro tempo já tinha dado assistência para o gol de Miranda, no segundo recebeu belo passe de Coutinho e bateu de três dedos para estufar as redes de Ospina e garantir a segunda vitória consecutiva do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. 

 

Números de Neymar na partida de hoje:

 

Com o triunfo, o Brasil saltou para a vice-liderança com 15 pontos atrás apenas do Uruguai que tem um ponto a mais. Foi a primeira vez que a Seleção venceu dois jogos seguidos nesta Eliminatória. Os próximos confrontos serão contra a Bolívia, na Arena das Dunas, em Natal, no dia 7. Quatro dias depois a Seleção encara a Venezuela fora de casa.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook